23.05.2020 | 09h51


POLÍCIA / AÇÃO DA PF

Empresário é preso em aeroporto com armas em avião

Éder Pinheiro foi preso pela Polícia Federal, em Sinop (420 km da Capital). As armas estão registradas em nome dele, mas faltava a guia de trânsito para circular com elas.


DA REDAÇÃO

O empresário Éder Pinheiro, dono da Verde Transportes, foi preso por porte ilegal de arma de fogo, no Aeroporto de Sinop (420 km da Capital). Ele foi detido em uma ação da Polícia Federal (PF), com quatro espingardas e uma pistola, dentro de seu avião. 

Os federais o enquadraram no artigo 14 da Lei 10.826/2003. Em seguida, o empresário foi encaminhado para uma unidade da PF em Sinop. 

As armas estavam registradas no nome de Éder, no entanto, ele não possuía a guia de trânsito, documento obrigatório para se locomover com armamento. 

O delegado ouviu o depoimento de Éder e arbitrou fiança no valor de R$ 5 mil, após o pagamento o empresário foi liberado. 

Éder também é investigado pelo Ministério Público Estadual (MPE), na Operação Rota Final, que apura um esquema de fraude em concessão de linhas de transporte.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO