02.03.2017 | 10h47


LÍDER DO PP

Maggi nega intenção de disputar Presidência da República e diz que foco é reeleição ao Senado

Ministro da Agricultura disse que projeto desde o início foi para o Senado e não presidência, como o PP e outros partidos vêm cogitando


DA REDAÇÃO

O ministro da Agricultura, e ex-governador Blairo Maggi (PP), voltou a garantir que não irá disputar eleição para Presidência da República e nem o cargo de vice-presidente em 2018. Segundo ele, o projeto é para o Senado Federal.

“Só vou discutir candidatura e composição em 2018. Vou tentar me reeleger senador. Isso é certo”, disse ao RepórterMT.

O ministro também prefere não comentar se vai permanecer no PP ou adiantar qualquer tipo de composição com outras legendas.

“Só vou discutir candidatura e composição em 2018. Vou tentar me reeleger senador. Isso é certo”, disse ao .

Maggi estava sendo cotado, inclusive pelo próprio PP, para ser candidato a presidente. Desta forma, o grupo, ao qual o PP compõe, calculava que as duas vagas, que a serem abertas no Senado poderiam ter como candidatos o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), e Jayme Campos (DEM).

O socialista e o democrata foram cotados inicialmente para a disputa dos cargos em um cenário de tentativa de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

O PP apontava Maggi como candidato ao Palácio do Planalto, em Brasília, por estar supostamente articulando desde agora proximidade com outras legendas e com a população.

Sobre a manutenção do grupo, tanto Maggi, como o deputado federal e presidente estadual do PP, Ezequiel Fonseca, afirmam que a legenda não tem a intenção de deixar a base do Governo Pedro Taques (PSDB).

O partido mantém apoio ao Governo de Taques, mas Ezequiel já disse que a intenção do PP é apresentar um nome para eleição majoritária. 

“Temos um projeto próprio e um nome para o Governo, que pode ser o do secretário nacional de Políticas Agrícolas, Neri Geller, ou do ex-prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá. Também temos um nome para a candidatura nacional, que é do Blairo Maggi”, disse.         

Leia mais:

Ezequiel diz que PP tem candidato, mas não é 'do contra'

PSB quer 'dobradinha' de Mendes e Blairo para disputa de 2 vagas ao Senado

Blairo diz que não compactua com grupo de Bezerra e apoia Taques











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Cidadão  02.03.17 13h05
Sede de poder. Anos atrás disse q saindo do senado nunca mais ia se candidatar. Depois de ter deixado Silval e trupe, além do mal explicado escândalo de maquinarios, perdeu meu voto.

Responder

0
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER