08.01.2019 | 20h00


ATROPELAMENTO NA BALADA

Estudante de Direito passará por segunda cirurgia em menos de uma semana

De acordo com a família, o primeiro procedimento realizado na segunda-feira para corrigir uma fratura no ombro direito foi bem sucedido.


DA REDAÇÃO

A única sobrevivente do atropelamento em frente à boate Valley Pub, a estudante de Direito Hya Girotto, de 21 anos, deve passar por uma nova cirurgia ainda nesta semana, dessa vez no braço esquerdo.

Na segunda (07), a jovem passou por um procedimento para colocar uma placa para corrigir a grave fratura no ombro direito. Apesar da complexidade, o resultado da cirurgia foi um sucesso.

“A cirurgia no ombro direito foi bem complexa, mas concluída com sucesso, graças a Deus! Ela continuará na UTI [do Hospital Geral Universitário] e passará por uma cirurgia, essa semana, no braço esquerdo”, afirmou o irmão de Hya, Leandro Girotto, no Instagram.

O quadro de saúde de Hya tem melhorado progressivamente desde que ela saiu do coma induzido no último dia 31 e os médicos decidiram retirar toda a sedação da universitária. Na semana passada ela deu os primeiros passos com a ajuda de uma fisioterapeuta e começou a se alimentar normalmente, sem a necessidade de sonda.

Hya foi atropelada por um Renault Oroch dirigido pela professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Rafaela Screnci Ribeiro, na madrugada do dia 23 de dezembro na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá, quando saía da Valley Pub.

Com ela estava Myllena de Lacerda Inocêncio, 22 anos, e o cantor sertanejo Ramon Viveiros, 25 anos. Com o impacto da batida, Myllena foi arremessada e morreu na hora. O cantor sertanejo Ramon também foi arremessado, sofreu traumatismo craniano e morreu cinco dias após o acidente, no dia 28 de dezembro.

Rafaela não parou para prestar socorro e ainda passou com o carro por cima de Hya.

Leia mais

Estudante de Direito atropelada em frente à Valley caminha pela primeira vez após acidente

Estudante atropelada ainda não sabe que amigos morreram

Única sobrevivente de atropelamento acorda do coma e não lembra do acidente

Única sobrevivente de atropelamento na saída da Valley acorda do coma 

Família vai doar órgãos de cantor sertanejo com morte cerebral; Ele foi atropelado ao sair de boate
 

Estudante atropelada é transferida do PS para o Hospital Geral Universitário

Exame de professora que atropelou jovens dá negativo para embriaguez











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER