19.01.2020 | 18h30


CASOS DE FAMÍLIA

Homem é xingado de ‘corno’ e tem pescoço cortado pelo tio durante briga em fazenda

O caso aconteceu na madrugada deste domingo (19) após noite de bebedeira entre familiares na Gleba Rio Preto, em Juína.


DA REDAÇÃO

Um homem, nome e idade não revelados, está foragido da polícia desde a madrugada deste domingo (19) após chamar o sobrinho, de 35 anos, de ‘corno’ e cortar o pescoço dele com um canivete durante uma briga numa fazenda da Gleba Rio Preto, de Juína (734 km da Capital).

O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) foi acionado, os paramédicos prestaram os primeiros socorros e encaminharam a vítima a uma unidade de saúde devido à gravidade do ferimento. Não há informações sobre o atual estado de saúde do paciente.

De acordo com as testemunhas, familiares viraram a noite bebendo na fazenda, quando já nesta madrugada, o acusado disse que o sobrinho era ‘corno’, momento em que a briga teria começado.

Durante trocas de xingamentos, um ‘partiu para cima’ do outro, o tio, que estava armado com um canivete, atingiu o pescoço da vítima.

O agressor juntou uma sacola de roupas e foragiu em seguida. Até a publicação desta reportagem ainda não havia sido encontrado.

A ocorrência foi registrada por crime de tentativa de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

A Polícia Civil do município escutou as testemunhas e segue com as investigações e buscas pelo acusado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO