19.06.2019 | 08h10


COM MÃOS AMARRADAS

Homem é torturado e deixado na porta de policlínica para morrer

A vítima foi ‘jogada’ na frente da Policlínica do Planalto, em Cuiabá. Nenhum suspeito do crime foi visto.


DA REDAÇÃO

Um homem, não identificado, foi jogado na posta na Policlínica do bairro Planalto, em Cuiabá, na noite de terça-feira (18), onde morreu. De acordo com a Polícia Militar, a vítima apresentava sinais de tortura pelo corpo, além de marcas nos pulsos, indicando que o homem foi amarrado durante o crime.

De acordo com o boletim de ocorrência, a situação aconteceu por volta das 19h45. Quando a PM chegou no local, médicos informaram que o homem não havia resistido aos ferimentos.

Conforme a polícia, o corpo estava com vários hematomas, principalmente na cabeça, além de sinais de amarração nas mãos e nos pés.

O local foi isolado e analisado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O homem não carregava nenhum tipo de documentação. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia e possível identificação.

Nenhum suspeito de ter ‘jogado’ o homem no local foi visto por testemunhas. O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER