25.05.2020 | 09h25


POLÍCIA / COVARDE

Homem é preso por estuprar e espancar esposa que deu à luz há 9 dias

O parto da vítima foi prematuro e o primeiro filho do casal segue internado em estado grave no Hospital São Lucas.


DA REDAÇÃO

Um homem de 38 anos, nome não revelado, foi preso em flagrante espancando a própria esposa, 28, durante a tarde desse domingo (24), após estuprar a vítima dentro de casa no bairro Jardim da Palmeiras, em Lucas do Rio Verde (354 km da Capital).

A mulher passou por um parto prematuro há apenas nove dias e estava proibida pelo médico de manter relações sexuais por 40 dias. O primeiro filho do casal ainda está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Lucas.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por meio do telefone ‘190’ para atender uma denúncia de violência doméstica no endereço.

No local, os militares encontraram vários vizinhos em frente à residência do casal, que confirmaram que a mulher estava sendo agredida pelo marido.

Os policiais adentraram na casa, onde flagraram o casal em luta corporal e o homem tentando enforcar a esposa. A PM interveio, separou a briga e imobilizou o agressor.

Em conversa com a vítima, que estava com um hematoma na boca e escoriações pelo corpo, esta relatou que está convivendo com o acusado a cerca de um ano e nesse período acabou engravidando e que há nove dias, quando estava no sétimo mês de gestação precisou ser submetida ao parto às pressas.

A mulher contou ainda que no início da manhã, o marido a obrigou a fazer sexo, quando além de estar proibida pelo médico, ainda estava sem vontade e não deu consentimento para o acusado, então ele a violentou.

Horas depois, o casal teria saído para ir numa mercearia. No estabelecimento a vítima teria pedido a chave para voltar para casa, pois, não se sentia bem, então o agressor a acompanhou, no entanto, ele começou com a sessão de espancamento, quando pegou um pedaço de mangueira e tentou enforcar a mulher.

Diante do flagrante e as graves acusações da vítima, o homem foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e mantido preso à disposição da Justiça.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO