02.05.2019 | 09h00


LAÇOS DE FAMÍLIA

Grávida esfaqueia marido e alega legítima defesa

A gestante foi encontrada na porta de casa ensaguentada e contou que atacou o marido para se defender de agressões.


DA REDAÇÃO

Uma mulher grávida foi detida pela Polícia Militar, em Tangará da Serra (242 km de Cuiabá) após ser encontrada suja de sangue, na noite de quarta-feira (1º) e confessar que havia esfaqueado o marido.

De acordo com a polícia, Cirlene Pereira do Nascimento, de 26 anos, alegou que esfaqueou o marido ao se defender de agressões.

O Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros ao casal. Em seguida marido e mulher foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O homem foi identificado como Israel Henrique Candida, de 29 anos, e apresentava lesões na cabeça e no peito. Cirlene estava com ferimentos no rosto, nuca e punho esquerdo.

Depois de receber atendimento médico, a mulher foi encaminhada para a unidade da Polícia Civil.

Israel está internado na UPA, sob observação.

 

Leia mais: 

Médico é preso acusado de assasinar esposa grávida em Mato Grosso











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

jose eduardo  02.05.19 11h25
Mulheres agora tudo podem, empoderamento!!!!! so falar que era agredida e pode matar livremente e impunemente

Responder

0
2
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO