15.01.2020 | 18h20


CASO ABSURDO

Adolescente sofre tentativa de estupro do padrasto e mãe diz que não acredita

Mulher ainda se recusou a acompanhar a filha até a delegacia para denunciar o marido; vizinha testemunhou crime.


DA REDAÇÃO

A mãe de uma adolescente de 16 anos se recusou a acompanhar a filha à Delegacia de Polícia Civil para registrar ocorrência contra o marido, que havia tentado estuprar a menor dentro de casa durante a tarde dessa terça-feira (14) no município de Cáceres (218 km da Capital).

Segundo a mulher, ela não acredita na filha por isso não deixaria o emprego para acompanhar a adolescente, mas para que a menor não ficasse sem um responsável, iria pedir para que uma tia da jovem fosse à unidade policial.

De acordo com a ocorrência, uma vizinha escutou gritos e choro da casa da vítima e quando foi ver o que estava acontecendo, por volta das 15h30, teria flagrado o homem tentando abusar da adolescente.

A testemunha tirou a jovem do local e levou para sua residência, onde ainda muito nervosa contou o que havia acontecido, momento que acionaram a Polícia Militar.

O Conselho Tutelar também foi chamado para ouvir a garota.

Ao relatar o crime, a menor passou mal e desmaiou devido ao nervosismo e foi encaminhada ao Hospital Regional para cuidados médicos.

A testemunha contou que há alguns dias tem reparado que o padrasto se aproxima da jovem com ‘segundas intenções’.

A adolescente contou aos militares que a mãe e o homem estão juntos há três meses.

O acusado fugiu e não havia sido encontrado até a publicação desta reportagem.

A ocorrência foi registrada por crime de tentativa de estupro e encaminhada à Delegacia de Defesa da Mulher que investiga o caso e busca pelo acusado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO