11.12.2019 | 09h14


CASSADA EM TEMPO RECORDE

Selma: A gente sabe que o que aconteceu comigo é um recado para o Moro

O TSE cassou por 6 votos a 1 o mandato da senadora Selma Arruda por caixa 2 na noite desta terça (10); Ela diz que se trata de recado a Moro para que não entre na política


KAROLLEN NADESKA

A senadora Selma Arruda (Podemos) acredita que a decisão do Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que rejeitou seu recurso e manteve sua cassação na noite de terça-feira (10), foi um recado ao ministro de Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e ao procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, para que não entrem para a política.

Em um áudio compartilhado pelo WhatsApp, a senadora considera o episódio como uma batalha e diz que toda guerra tem baixas.

Sei que sou o exemplo, um recado que eles querem dar para Moro e Dallagnol para não entrarem na política. Me disseram isso, inclusive, os dois ministros que vem da advocacia, falaram que os ministros em geral não têm simpatia pelas pessoas que saem da Justiça

“Sei que sou o exemplo, um recado que eles querem dar para Sérgio Moro e Dallagnol para não ousarem entrar na política. Me disseram isso, inclusive, os dois ministros que vem da advocacia, falaram que os ministros  [do TSE] em geral não têm simpatia pelas pessoas que saem da Justiça e vão para a política. Portanto, a gente sabe que o que aconteceu comigo é um recado para o Moro, né”, argumentou.

Ela ainda destacou que o voto do ministro Edson Fachin, o único do colegiado que votou favorável ao recurso, lavou sua alma.

“A única pessoa que leu este processo foi o Fachin. Graças a Deus não foi nenhum corrupto, graças a Deus foi um ministro decente cujos votos honram todos nós naquele STF [Supremo Tribunal Federal]”, comentou.

A senadora disse que sai de cabeça erguida e com a consciência tranquila de que tentou. Ela ressalta que não irá retornar para política “nem que a vaca tussa” e que, a partir de agora, vai aproveitar sua aposentaria.

Recurso negado

A senadora cassada ressalta que não irá retornar para política “nem que a vaca tussa” e que, a partir de agora, vai aproveitar sua aposentaria.

Na terça-feira (10), por seis votos contra um, o Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu rejeitar o recurso da senadora e, com isso, manteve a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) que cassou o mandato dela e de seus suplentes, Gilberto Eglair Possamai e Clerie Fabiana Mendes, pela prática de abuso de poder econômico e caixa 2.

Além disso, os ministros também decidiram pela inelegibilidade de Selma e seu primeiro suplente, Gilberto Possamai, por oito anos, convocação de uma nova eleição e o afastamento dela após a publicação do acórdão.











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Fenix  12.12.19 08h21
QUANDO STALIN, PARTIDO DE ESQUERDA, ASSUMIU O PODER NA URSS (ATUAL RUSSIA), ELE PASSOU A PERSEGUIR SEUS OPOSITORES E TAMBEM SEUS CORRELIGIONÁRIOS. ELE PERSEGUIU TODOS OS COMUNISTAS QUE O AJUDARAM A CHEGAR AO PODER, A UNS MATOU A OUTROS FUGIRAM EM DEBANDA PARA OUTROS PAISES. NO.LINIMO STALIN ADERIU A IDEIA DE NICOLAU MAQUIAVEL DE QUE AO SUBIR AO PODER O PRINCIPE DEVE ANIQUILAR OS SEUS ADVERSARIOS E TAMBEM OS QUE O AJUDARAM A SUBIR NO PODER, PORQUE OS SEUS ADVERSARIOS TENTANRAO DERRUBA-LP E OS SEUS CORRELIIGIONARIOS TAMBEM PODERAO LEVANTAR O CALCANHAR PARA TIRAR O SEU PODER. O QUE VEMOS HJ NA POLITICA BRASILEIRA JA FOI TEMA DO IMPERIO ROMANO NA REPUBLICA, POR EXEMPLO CORRUPCAO, COMPRA DE VOTO, TRAICAO, ASSASSINATO, REFORMA AGRARIA ENTRE OUTROS. O QUE ESTA ACONTECENDO NO BRASIL NOBRE EX-SENADORA NÃO É RECADO PARA MORO OU DELTAN, MAS AQUILO QUE STALIN FEZ COM SEUS RIVAIS E CORRELIGIONARIOS, NUMA LINGUAGEM BEM SIMPLES PRA QUE A EX-V. EXCELENCIA ENTENDA 'é cobra engolindo cobra'.

Responder

1
0
FRANCISCO DE PAULA DE ALMEIDA  11.12.19 09h47
" Selma Arruda, você sentiu na pele o que é os três poderes: Executivo, Legislativo e o Judiciário, em nosso país, que é chamado de Republica Federativa do Brasil. Perdeu toda credibilidade com o povo brasileiro, isso se um dia o teve é claro " Presidente: Jair Messias Bolsonaro, faça um grande favor para a nação brasileira, no dia: 31/12/2022. Entrega esse pais para os militares, só assim vamos ter orgulho de ser chamado de Brasileiro.

Responder

17
6
Fenix  12.12.19 09h49
Todo ser impensante acha que a força mudara o Brasil, todavia, lembre-se o Pais esteve nas mãoz dos miñitares de 64 a 85 o que mudou? TIRARAM O PAIS DA CRISE OU AFUNDARAM MAIS? Os militares só matarao PPP e nada mais. Saiba de uma coisa.militar foi criado para auxiñiar o governo e nao para governar. O governo tem que ser inteligente, diplomatico que age com destreza equilibrando a economia e o sistema de maneira a ajudar os ricos e os miseraveis. AGORA ESSE SEU mito TA CRIANDO UMA POLOTICA ELITIZADA QUE BENEFICIA EM PRIMEIRO MOMENTO A CASA DELE, POR SEGUINTES OS MILOONARIOS DESTA NACAO ENQUANTO QUE AO TRABALHADOR SO ESTA SOBRANDO DEVERES. NAO É MILITARISMO, MAS ESSES POLITICOS TANTO ESQUERDA QUANTO DIREITA DEVEM TOMAR VERGONHA NA CARA E TEMER A DEUS PQ UM DIA ELES PRESTARAM CONTA DO PODER A ELES ENTRRGUE.

Responder

1
0
Eduardo   11.12.19 09h43
Infelizmente aconteceu o que todos já sabíamos. Senadora saiba que tenho a mesma linha de raciocínio da Sra, ou seja, perseguição, mas não podemos deixar de considerar o fato de que a Sra foi ingênua e se deixou complicar por pessoas que somente se aproximaram da Sra com o intuito de uzar seu nome como alavanca de votos e prestígio. Não desista da Política, pois precisamos de pessoas com sabedoria e índole nesse meio prostituido, subversivo e desonestos, que impacta a Vida do cidadão.

Responder

9
3
Giselle   11.12.19 23h40
Concordo com Eduardo, qdo teríamos alguém de índole para nós defender, a pessoa perde a vontade, por ver o quanto é suja a política no Brasil, podre podre podre , onde só permanecem os que são iguais!!!!! Pronto falei...

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO