05.10.2018 | 21h44


ASSISTA O VÍDEO

Policial grava momento que autor de chacina em VG é preso e confessa crime

O criminoso, ao ser preso, disse que dirigiu o carro para matar quatro pessoas e balear outras duas no Centro de Várzea Grande.


DA REDAÇÃO

Em um vídeo gravado por policiais, um dos autores da chacina em Várzea Grande, na última quarta-feira (3), Thalysson Thiago Taborda de Oliveira, 23 anos, confessa o porquê de ter cometido o crime.

Thalysson é único detido, até o momento, após executar quatro pessoas, entre elas duas adolescentes, K.R., e L. T.M.B. Outros dois homens também ficaram feridos na ação criminosa.

À Polícia Militar, já algemado e dentro da viatura, ele confirma que o grupo foi executado por ser de uma facção rival, o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Porém, ele entra em contradição ao dizer que não faz parte do Comando Vermelho, facção que teria ordenado à execução.

“Matamos porque eles são de facção rival, do PCC. Mas eu não sou do Comando não, mas fui matar porque os caras eram de facção rival e estavam me ameaçando de morte”, disse o criminoso.

Veja o vídeo

Após a prisão, o bandido foi ouvido na delegacia e detalhou o crime. De acordo com Thalyson as mortes estão relacionadas a uma tentativa de homicídio em Tangará da Serra (239 km a Médio Norte de Cuiabá), há cerca de 30 dias, contra um integrante do CV.

Entre as vítimas do atentado em VG estão duas meninas de 13 e 16 anos. Elas foram sequestradas, obrigadas a mostrar a casa onde o bando se escondia, amarradas e executadas à beira do Rio Cuiabá. Elas seriam namoradas de dois dos 4 alvos inicias.

Leia mais

Meninas foram mortas no Rio Cuiabá por namorarem membros do PCC

Rixa entre Comando Vermelho e PCC motivou execuções; um foi preso e 2 estão foragidos

Várzea Grande tem 4 execuções bárbaras em menos de 1 hora; polícia investiga relação

Encapuzados invadem casa, matam dois e deixam feridos

Mulheres são encontradas mortas em VG; mãos estavam amarradas

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Justiceiro  07.10.18 09h50
Agora eu pergunto: não mercere pena d morte uma criatura dessa? Alguém acredita que um ser desse e capaz de mudar de vida e ser um cidadão de bem que contribua para o crescimento do país? EU NÃO!

Responder

6
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER