11.08.2017 | 11h27


ESCOAMENTO DA SAFRA

Taques cobra ferrovia e Temer empurra problema para iniciativa privada

Presidente Michel Temer está em Lucas do Rio Verde onde inaugura fábrica de etanol de americanos e lança colheita de algodão


DA REDAÇÃO

Na solenidade de inauguração da primeira usina de etanol de milho, em Lucas do Rio Verde, nesta sexta-feira (11), o presidente da República, Michel Temer (PMDB), ouviu pedidos de melhoria da logística de transporte para facilitar o escoamento da safra mato-grossense.

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que apesar da evolução na logística, o Estado carece de ferrovias e de melhorias nas saídas da produção para o Norte do país.

“Mato Grosso tem ajudado o país e o Brasil precisa ter um olhar diferenciado para este Estado. Precisamos da pavimentação até o Porto de Miritituba, no Pará, uma das principais saídas para o Norte. Precisamos que as ferrovias cheguem à Lucas do Rio Verde. Precisamos que a Ferrogrão saia do papel”, disse Taques.

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), fez coro ao governador e destacou que a melhoria na logística de transporte vai beneficiar as Regiões Centro-Oeste e Norte do país.

“Mato Grosso tem ajudado o país e o Brasil precisa ter um olhar diferenciado para este Estado. Precisamos da pavimentação até o Porto de Miritituba, no Pará, uma das principais saídas para o Norte. Precisamos que as ferrovias cheguem à Lucas do Rio Verde. Precisamos que a Ferrogrão saia do papel”, disse Taques.

“Gastamos muito dinheiro com frete e a melhoria na logística vai promover o barateamento do serviços. Ficaremos mais competitíveis para acessar os mercados nacionais e internacionais”, pontuou Binotti.

Em resposta, o presidente declarou estar atento às necessidades dos produtores.

“Vamos levar adiante esses planos e, quem sabe, trazê-los para a iniciativa privada”, disse Temer, sem entrar em detalhes.

Antes da solenidade de inauguração da usina de etanol, o presidente participou do lançamento simbólico da colheita do algodão. O ministro da Agricutura, Blairo Maggi (PP), apontou que Mato Grosso é o responsável por 67% da produção de algodão em todo o país.

“São produzidas, hoje, 350 arrobas de algodão por hectare. E temos um aproveitamento da fibra em 43%. Isso é a tecnologia empregada pelos produtores mato-grossenses, que está ficando cada vez mais forte.

Usina de etanol

A primeira usina de etanol de milho do Brasil foi inaugurada com capacidade para produzir 200 milhões de litros por ano. Com investimento de US$ 115 milhões (mais de R$ 350 milhões), a FS Bioenergia pertence a investidores americanos.

O presidente da empresa, Henrique Ubrig, afirmou que o Estado foi escolhido devido à “alta competência agrícola” que possui.

“Vimos ainda o acesso a outras capitais internacionais e a opção de encurtar os caminhos para os mercados que hoje são atendidos pelos Estados Unidos”.

O governador Pedro Taques destacou que a aprovação ambiental para a instalação do empreendimento foi uma das mais rápidas feitas pelo Estado.

“O Estado deve ser menos atrapalhador e, por isso, estamos diminuindo os entraves burocráticos, com prazos menores”, comentou.

Animado, Temer comentou acreditar que muitas outras indústrias do setor virão para o Estado e para o Brasil.

“O etanol ainda está de acordo com o meio ambiente, por ser menos poluidor. Tudo isso só foi possível pelo trabalho de empreendedores brasileiros, que demonstraram confiança no crescimento do país”.

Galeria de Fotos:
Credito: RpMT/Reprodução
Credito: RpMT/Reprodução
Credito: RpMT/Reprodução
Credito: RpMT/Reprodução
Credito: RpMT/Reprodução
Credito: Só Notícias/ Diego Oliveira
Credito: Só Notícias/ Diego Oliveira










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER