10.01.2017 | 18h42


LEITURA DAS PLACAS

Segurança Pública terá sistema para identificar carros roubados

O equipamento tem a função automática de detectar as placas dos carros e indicar, em um painel, qual a sua situação junto ao cadastro no Detran


DA REDAÇÃO

O secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, informou que, em 2017, o Estado irá contratar uma empresa, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), para instalar câmeras especiais nas viaturas das polícias Militar e Civil para o monitoramento, abordagens e detenção de veículos de terceiros.

O equipamento tem a função automática de detectar as placas dos carros e indicar, em um painel, qual a sua situação junto ao cadastro no Detran e também se existe alguma irregularidade mais grave, como ser produto de roubo ou estar envolvido em situações de crimes.

“Ou seja, não precisaremos abordar todos os carros, mas somente aqueles que estiverem alguma irregularidade ou ilicitude registrada. Desta forma, somente veículos suspeitos serão parados. Será um investimento para a Segurança Pública”, disse Rogers ao .

O secretário acrescentou que já existe uma parceria com a Prefeitura de Cuiabá para a implantação do sistema.

Rogers lembrou que as imagens das câmeras de segurança, implantadas em 2016 em Cuiabá, são utilizadas pela secretaria, no sentido de agilizar na solução de crimes.

De acordo com ele, existe um monitoramento, durante 24 horas, que permite que agentes da pasta se comuniquem com viaturas próximas, para passar informações sobre ocorrências em andamento ou ocorridas recente.             

MT Cidadão

Rogers Jarbas informou ainda que o aplicativo MT Cidadão, lançado em 2015, por exemplo, é uma forma de melhorar o desenvolvimento e agilizar o atendimento às pessoas. 

Segundo ele, o aplicativo tem a capacidade, por exemplo, de realizar renovação de CNH, de licenciamento.

“Assim, teremos informações mais completas sobre veículos regulares”, disse.    

O aplicativo vem passando por melhorias e inclusões de novas funcionalidades, o que permite ao usuário utilizar os smartphones e tablets para acessar os serviços ofertados por órgãos do Governo do Estado. 

Nos serviços disponibilizados pelo Detran, o usuário conta com opções de consulta do resultado de recurso de infração; emissão de certidão negativa de multa; consulta de dados, geração e impressão de certidão de condutor; validação das informações e pagamento das taxas.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Luciano  10.01.17 21h10
Vai custar quantos milhões pro contribuinte.... Se fizermos um custo x benefício vai mostrar que o governo injeta milhões de reais a 3 empresários e quem paga somos nós. E depois de dois meses os equipamentos não estarão funcionando pode publicar e esperar que seremos lesados novamente

Responder

2
1
Javi  10.01.17 18h59
Já vi isso sendo apresentado por ÉDER MORAES, e até hoje não saiu do papel, então, em quem ACREDITAR??? Só da mentirosos nesse estado

Responder

1
1

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER