03.03.2019 | 18h05


CARNAVAL SEM TABU

Usar camisinha não tira prazer de fazer sexo; Veja vídeo

O ginecologista Laerte Basso Junior também explicou que o preservativo é a melhor maneira de se proteger das DSTs.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao , o médico ginecologista Laerte Basso Junior reforça a importância do uso de preservativo para prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), como HIV, sífilis, gonorreia e HPV. Durante a conversa, o médico também explica detalhes sobre o contágio de herpes.

Segundo pesquisas, a maioria dos jovens já fez sexo sem proteção: "43% dos jovens não se protegem no sexo casual e 21% acredita que existe a cura da Aids", alertou.

Para o médico, é importante quebrar tabus e ideias equivocadas ao destacar que a tecnologia avançou e os preservativos não impedem a sensibilidade e o prazer. Sobre a camisinha feminina, Laerte revela que as mulheres não aderiram à ideia, preferem o preservativo masculino na relação sexual. 

Outro alerta é que a pessoa com uma doença venérea está mais propensa ao contágio do HIV.

Confira a entrevista na íntegra: 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER