22.06.2010 | 00h18


Se a moda pega... travesti com HIV tira sangue e ataca enfermeira com seringa

Revoltado com a falta de atendimento de um hospital de Ceilândia, cidade satélite a cerca de 30 km de Brasília, um travesti tirou o próprio sangue com uma seringa e perfurou várias vezes a mão de uma enfermeira nesta segunda-feira (21). O agressor também mordeu o braço da técnica de enfermagem que tentava ajudar.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER