16.09.2019 | 16h35


APÓS DESENTENDIMENTO

Primos matam amigo e mentem para polícia que vítima foi sequestrada

Os adolescentes alegaram que praticaram o crime motivados por uma discussão.



Dois primos, de 16 e 18 anos, foram presos no final da tarde de domingo (15) por envolvimento no homicídio de um homem de 40 anos, ocorrido na quinta-feira (12), no Distrito de Caramujo, em Cáceres (225 km de Cuiabá).

Na ocasião, a dupla identificada como J.H.B.B., e o adolescente de 16 anos, procuraram os policiais militares e registraram um boletim de ocorrência alegando que tinham sofrido um roubo e que os supostos assaltantes tinham levado o homem identificado como G.A.A.

Acrescentaram ainda que conseguiram fugir e na fuga ouviram dois disparos de arma de fogo.

Já com base na ocorrência, a dupla levou duas pessoas identificadas como testemunha até o local onde ocorreu o homicídio. Logo em seguida, já na unidade da PM, se entregaram e assumiram serem os autores do crime.

No B.O, a testemunha e J.H.B.B. disseram que foram levados pelos adolescentes até o local onde G. foi morto. Acrescentaram que viram o corpo que já estava em avançado estado de decomposição.

Os adolescentes alegaram que praticaram o crime motivado por uma discussão. Eles usaram um revólver artesanal calibre 22 e um facão para matar o homem.

Depois do crime, jogaram as armas em um córrego. Logo em seguida, retornaram para o distrito de Caramujo e fizeram a falsa comunicação de crime alegando sequestro da vítima.

De posse da informação, os policiais militares acionaram a equipe da Politec e investigadores da PJC. Os acusados foram encaminhados à delegacia.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER