10.05.2020 | 16h05


POLÍCIA / ASSASSINATO BRUTAL

Polícia prende membro de facção criminosa que executou jovem e jogou corpo em lixão

Além da prisão, a ação resultou na apreensão de porções de maconha, uma balança de precisão, um veículo Fiat Uno e um aparelho celular.



Um dos autores de homicídio brutal em Rosário Oeste (128 km de Cuiabá) foi preso pela Polícia Civil do município, no sábado (09), após diligências para elucidação do crime.

O acusado de 28 anos, que não teve o nome revelado, integrante de uma facção criminosa, foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e tráfico drogas.

Além da prisão, a ação resultou na apreensão de porções de maconha, uma balança de precisão, um veículo Fiat Uno e um aparelho celular.

A Delegacia de Polícia de Rosário Oeste foi acionada na manhã de sábado (09), após a localização de um corpo no lixão da cidade. A vítima Thaíson Silva de Morais, de 26 anos, estava com as mãos amarradas com fio de energia e apresentava perfurações no peito. 

Imediatamente os policiais civis coordenados pelo delegado Guilherme de Carvalho Bertoli iniciaram as investigações, conseguindo ter acesso às imagens do crime brutal.

"A execução foi gravada em um aparelho celular dos criminosos, e difundida pelo aplicativo WhatsApp para diversos grupos, com o esboço de demonstrar crueldade em que membros de uma facção julgaram, condenaram e executaram a vítima, que integrava um grupo rival. Contudo os policiais civis tiveram acesso ao vídeo sendo possível identificar um dos participantes", destacou Guilherme Bertoli.

Diante dos fortes indícios de autoria a equipe foi até a casa do acusado no bairro Santo Antonio, onde ele foi surpreendido.

Questionado, o rapaz confessou a autoria do homicídio mediante emboscada e restrição de liberdade da vítima. 

Em seguida o homem foi conduzido para Delegacia de Rosário Oeste, interrogado e autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e tráfico drogas. Após a confecção dos autos o preso foi colocado à disposição da Justiça.

 

As investigações continuam para identificação e prisão dos outros envolvidos no crime.

Veja fotos aqui; imagens fortes











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO