14.12.2019 | 11h50


CPF CANCELADO

Bope mata bandido que recebeu policiais a tiros em fazenda de MT

Segundo a Polícia Militar, Jelso Bazzo Júnior era considerado um criminoso de alta periculosidade e já havia trocado tiros com policiais outras vezes.


DA REDAÇÃO

Um criminoso identificado como Jelso Bazzo Júnior, de 38 anos, morreu após troca de tiros com policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), na manhã deste sábado (14), em uma fazenda próxima de Rosário Oeste (104 km de Cuiabá).

Segundo a polícia, o criminoso era considerado de alta periculosidade e já havia trocado tiros com policiais outras vezes.

Uma equipe do Bope foi até uma fazenda para verificar uma informação de que o criminoso estava no local e para cumprir um mandado de prisão em aberto contra o acusado.

Ele foi encontrado pelos policiais próximo de uma residência, ao notar a presença dos PMs, ele começou a atirar contra eles. Os policiais revidaram e mataram o bandido.  

Próximo ao corpo a polícia encontrou uma pistola Taurus com três munições e uma motocicleta XRE-300 branca.

Os policiais encaminharam o corpo para o hospital, onde foi expedido atestado de óbito. 

Outro caso

Lucas Pereira, 27 anos, morreu e Anderson Guilherme Batista da Silva, 20, foi preso durante perseguição policial com troca de tiros pela Avenida Idemar Riedi, nas proximidades de um posto de combustíveis, em Sorriso (400 km da Capital), na última quarta-feira (11).

A Polícia Militar recebeu denúncia de que os acusados assaltaram um estabelecimento comercial no bairro Industrial Nova Prata e após o roubo, fugiram do local numa motocicleta Honda CG Fan, de cor vermelha. Em rondas pela região do assalto, os militares encontraram os bandidos passando de moto próximo a um posto de combustíveis da Avenida Idemar Riedi, momento em que começou a perseguição.Leia mais











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO