07.07.2020 | 13h55


POLÍCIA / CPF CANCELADO

Bandido é morto após resistir à prisão e tentar esfaquear policiais militares

Carlos Gomes da Silva invadiu uma casa no Distrito de Espigão do Leste, em São Félix do Araguaia, fez ameaças de morte contra o morador, que conseguiu fugir e chamar a PM


DA REDAÇÃO

Carlos Gomes da Silva, 38 anos, morreu após reagir a uma abordagem policial no Distrito de Espigão do Leste, município de São Félix do Araguaia (1.002 km da Capital). Ele foi flagrado, armado com uma faca, rendendo um homem na rua. O caso foi registrado durante a noite da última sexta-feira (03). 

De acordo com a ocorrência, a vítima chegou em casa e se deparou com Carlos dentro da residência, quando foi ameaçada de morte. No entanto, o homem conseguiu correr, fugiu da residência e acionou a Polícia Militar por volta das 19h.

Ao chegarem ao endereço, os policiais se depararam com o acusado em frente à casa da vítima. Os militares deram ordem para que o acusado se rendesse, jogasse a faca no chão e colocasse as mãos na cabeça, porém, Carlos desobedeceu e, ainda armado, correu para os fundos da residência gritando: “desgraça, inferno de polícia, desgraça de policia”.

Os policiais acompanharam o acusado e tentaram tranquilizar Carlos, que estava muito nervoso. Momentos depois, o agressor ‘partiu para cima’ dos militares, quando foi usado spray de pimenta para contê-lo.

Após ser atingido, o acusado saiu correndo e tentou se esconder em um lote. A PM fez uma varredura pela região e encontrou Carlos numa rua paralela ao terreno, onde ao perceber a proximidade da guarnição, o agressor tentou novamente esfaquear os militares, quando um policial atirou contra o acusado, que caiu ferido.

Os próprios policiais socorreram Carlos e o encaminharam a uma unidade de saúde, onde o acusado deu entrada com um tiro na região do abdome. Momentos depois a equipe médica constatou a morte do agressor.

O fato foi comunicado ao comandante do Batalhão da Polícia Militar e à Polícia Judiciária Civil do município, responsáveis pelos procedimentos cabíveis ao caso.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO