17.10.2019 | 18h25


NO WHATSAPP

Adolescentes ameaçam massacre e geram pânico em escola de VG; Polícia é acionada

Os menores foram ouvidos durante a tarde desta quinta-feira (17) na Delegacia Especializada do Adolescente de Várzea Grande.


DA REDAÇÃO

Três adolescentes, nomes não divulgados, foram ouvidos durante a tarde desta quinta-feira (17) na Delegacia Especializada do Adolescente de Várzea Grande (DEA-VG) acusados de participarem de um grupo de WhatsApp que teria a intenção de promover um atentado na Escola Estadual Salim Nadaf, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

A polícia chegou aos menores após uma denúncia anônima recebida pela coordenadoria da escola, que imediatamente procurou a 2ª Delegacia de Polícia do município e registrou a ocorrência.

De acordo com coordenadora da unidade escolar, os menores participavam do grupo onde disseminavam ideias e incitavam outros seguidores a participarem do suposto ataque contra alunos e profissionais.

Os adolescentes compareceram à delegacia acompanhados dos pais e/ou responsáveis para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Se comprovado o crime, os menores poderão responder pelo crime de incitação e apologia ao crime.

As ameaças, segundo a direção da escola, foi apenas uma “brincadeira de mau-gosto”. No entanto, as mensagens apontam que ataque seria realizado na próxima sexta-feira (18), o que causou pânico entre alunos, pais e profissionais da unidade de ensino, mas não houve a suspensão das aulas.

A Polícia Civil comunica que “todas as informações que chegaram ao conhecimento da Instituição referente às ameaças de ataques na escola serão devidamente checadas, com atenção especial para o caso. Detalhes sobre a ocorrência não será repassado para que não estimulem ou encorajem outros na mesma prática de compartilhamento de mensagens”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO