11.03.2020 | 08h55


PODERES / NOVA CONFUSÃO NA CÂMARA

Vereador vai pedir cassação de Toninho de Souza por suposta ameaça de morte contra Abílio

Parlamentar anunciou que vai protocolar o requerimento solicitando a instauração de um processo na Mesa e na Comissão de Ética, na quinta-feira (10).


DA REDAÇÃO

O vereador Diego Guimarães (Progressistas) anunciou, na sessão de terça-feira (10), que irá apresentar um pedido de cassação contra seu colega de Parlamento Toninho de Souza (PSD), na quinta-feira (12), à Mesa Diretora e à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Cuiabá.

Ele justificou que o pedido será baseado em uma possível ameaça que Toninho teria feito contra o vereador cassado Abílio Júnior (PSC) durante uma sessão.

“Gostaria que essa Casa tivesse um pouco de coerência porque, de acordo com a Vossa Excelência, o vereador Abílio deveria ser cassado por, supostamente, ter feito uma calúnia contra determinados vereadores. Agora, nessa tribuna um vereador ameaçou o vereador Abílio, recentemente, o Toninho de Souza nessa tribuna usou as seguintes palavras, olhando o vereador Abílio: ‘O medo ajuda a preservar vidas’, se isso não é uma ameaça, não sei o que é”, disse.

Além do pedido de cassação, Diego anunciou também que irá pedir uma investigação contra Toninho devido a uma declaração durante a sessão extraordinária, que cassou o mandato de Abílio na última semana, que gerou revolta em milhares de pessoas que lutam contra o câncer juntamente com seus familiares.

Após ser acusado pelo então vereador Abílio de ser “pau mandado do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)”, Toninho rebateu: “Deus condena o que o senhor traz dentro do coração, a raiva. Conheço uma pessoa que de tanta raiva teve um câncer de fígado”.

Frase infeliz e fora de contexto 

Na sessão desta terça, Toninho disse que a frase dita foi fora de contexto e infeliz e pediu desculpas. 

“Uma frase que foi usada de forma incompreendida, alguns casos politicamente maldosa, mas não vou entrar nesse mérito. Quero apenas aqui, com muitas humildade, pedir desculpas a quem não compreendeu a minha colocação, quem sentiu-se ferido em relação a isso que eu falei na sessão de sexta-feira. Falei de raiva, de ira, de rancor, de maldade, que isso poderia gerar um problema grave de saúde”, disse.

Toninho insinua que pessoas raivosas são punidas com câncer e gera revolta

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO