05.02.2020 | 10h50


PODERES / GRAVIDEZ

Projeto de mudança na eleição da Mesa Diretora é pedido de Janaína

Presidente da Casa de Leis diz que antecipação será de uma ou duas semanas


DA REDAÇÃO

Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Eduardo Botelho (DEM) afirmou que o verdadeiro motivo do projeto que prevê alteração na data da eleição da Mesa Diretora, no segundo biênio, é a gravidez da vice-presidente, deputada Janaína Riva (MDB). Ele destacou que a parlamentar fez esse pedido, uma vez que a previsão é que dê a luz no final de agosto.

“Proposta não é nada grande, é antecipar uma ou duas semanas a eleição em respeito às mulheres, às mães”, disse Botelho.

O presidente enfatizou que caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) seja aprovada pelos deputados, caberá à Mesa Diretora definir a data da eleição. “Não tem nada de golpe, como já começaram a falar. É apenas para atender um pedido da deputada Janaína que gostaria de participar da eleição. E não vai ter antecipação de dois ou três meses”.

A PEC foi apresentada pelas lideranças partidárias da Assembleia Legislativa, na primeira sessão ordinária do ano, realizada na tarde desta terça-feira (4). A eleição, pela Constituição Federal, deve ser realizada na primeira sessão de setembro. A proposta é que seja realizada até a primeira sessão de setembro, podem do ser antecipada.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO