03.04.2020 | 07h50


PODERES / MEDIDAS CONTRA O COVID-19

Governo fará campanha para que mato-grossenses usem máscaras

A intenção da campanha, segundo Mauro Mendes, é motivar a população a fabricar sua própria máscara para diminuir os riscos de contaminação do vírus.


DA REDAÇÃO

O Governo do Estado deve iniciar nesta sexta-feira (03) uma campanha orientativa para que a população em geral use máscaras para evitar a contaminação do Covid-19. 

Atualmente, o Ministério da Saúde recomenda a utilização de máscaras e outros equipamentos de proteção para pessoas com sintomas do coronavírus, por pessoas doentes e profissionais de saúde.

Na terça-feira (31), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que sua equipe prepara um protocolo com orientações para fabricação de máscaras com TNT e ampliar a orientação do uso do equipamento. 

A intenção da campanha, segundo Mauro, é motivar que a população fabrique sua própria máscara para dimunuir os riscos de contaminção do vírus.

"Nos Estados Unidos, eles estão fazendo isso para andar em casa, andar na rua, ir no seu trabalho. Existem ferramentas que podem ser utilizados na fabricação de máscaras simples que pode ter um bom nível de eficiência", disse.

"Aquela história se dar pra fazer o ótimo, vamos fazer o ótimo, mas se não der vamos fazer o bom", complementou.

Ele comentou que máscaras artesanais tem a mesma eficiência das cirúrgicas.

"Uma máscara, mesmo que caseira, segundo especialistas, tem capacidade de evitar, ao conversar com alguém, que uma pequena gotícula de saliva ser emitida e você, mesmo não sabendo que esta contaminado, possa naquela gotícula de saliva, deixar uma contaminação de vírus uma pessoa tocar naquele local e, a partir dali, iniciar uma cadeia de contaminação do coronavírus", explicou.

Casos em Mato Grosso

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), 41 casos foram confirmados de coronavírus em Mato Grosso. Um aumento de 13 casos, desde a divulgação  de quarta-feira (01). Os casos confirmados estão em Cuiabá (25), Rondonópolis (5), Nova Monte Verde (1), Tangará da Serra (2), Sinop (3), Lucas do Rio Verde (1) e Várzea Grande (4).

 

 

 

 










(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Saulo  03.04.20 08h17
So uma sugestão: O uso de mascaras tem que ser verificado porque na China a gente não ve ninguem sem mascaras na rua e diminuiu significativamente os casos . Não seria o caso de sair na rua com mascaras nem que for caseira. Essa situação deve ser analisada por quem entente do assunto. Como não existe mascaras para comprar o governo deveria distribuir TNT por exemplo para a população e ensinar fazer mascara caseira. Qual a diferenca para a população em usar mascara caseira ou fabricada. Eu penso que as mascaras fabricadas tem que ser para os profissionais de Saude. Ja a população pr não existir marcara no mercado poderia usar mascara caseira.Obrigar todo mundo na rua a usar mascaras.

Responder

2
0
Saulo  03.04.20 08h11
O uso de mascaras tem que ser verificado porque na China a gente não ve ninguem sem mascaras na rua e diminuiu significativamente os casos . Não seria o caso de sair na rua com mascaras nem que for caseira. Essa situação deve ser analisada por quem entente do assunto. Como não existe mascaras para comprar o governo deveria distribuir TNT para a população e ensinar fazer mascara caseira.

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO