13.05.2020 | 12h05


PODERES / CASOS DE CORONAVÍRUS

Botelho deve restringir entrada de deputados e servidores na Assembleia Legislativa

Segundo o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, três servidores e o deputado Paulo Araújo, testaram positivo para o novo coronavírus.


DA REDAÇÃO

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), disse que deve restringir o número de deputados e servidores no Legislativo para evitar a disseminação do novo coronavírus (covid-19) na Assembleia Legislativa.

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (13), o presidente disse que irá se reunir com o primeiro-secretário da Mesa Diretora, Max Russi (PSB), para elaborar novas normas depois que três servidores e o deputado Paulo Araújo (Progressista) testarem positivo para covid-19.

Botelho contou que tinham 12 deputados que participaram da sessão extraordinária de terça (12) no Plenário. 

As novas medidas devem ser anunciadas ainda nesta quarta.

"Ontem, por exemplo, tinha 12 deputados aqui dentro e o congestionamento ficou grande aqui, especialmente próximo da presidência. Iremos tomar algumas medidas nesse sentido e no sentido novamente de restringir também o número de funcionários", disse Botelho.

A informação foi em resposta ao questionamento da deputada Janaina Riva (MDB) que perguntou quais providências seriam adotadas após a confirmação de casos de covid-19 na Assembleia. 

Ela sugeriu a desinfecção do prédio e a medição de temperatura dos deputados e servidores na entrada.

Leia mais

Deputado estadual testa positivo para coronavírus e está em quarentena











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO