05.04.2020 | 08h00


OPINIÃO / BENEDITO

Cirurgia plástica não impede que o corpo envelheça

Algumas criam uma expectativa que não é a real que não vão envelhecer e querem algo não combina com seu biótipo

Como a lei natural da vida é que o corpo vá envelhecendo,  perdendo a elasticidade e o colágeno com o passar dos anos, a cirurgia plástica aparece como alternativa para retocar pequenos detalhes que garantam uma aparência mais jovem.

Contudo é importante ter a  consciência que o efeito da cirurgia plástica não  vai durar para sempre do mesmo jeito que fez.  A  cirurgia plástica pode precisar de revisões ou nova cirurgia ao logo dos anos visto que ela não garante que você vá deixar de envelhecer. O peito com o tempo vai cair, a flacidez aparece e o paciente deve estar ciente disso para não se decepcionar.

Algumas criam uma expectativa que não é a real que não vão envelhecer e querem algo não combina com seu biótipo, ou seja, forma corporal herdada geneticamente. Mesmo assim querem que seja feito do jeito que imaginam que vão passar uma transformação física e parecer com aquela atriz famosa ou com aquela amiga e quando vem o resultado não ficam satisfeitas, independente da orientação do cirurgião plástico que é aperfeiçoar e ressaltar o que o corpo e o rosto têm de bonitos, a decisão é da paciente. E o resultado ainda depende do pós-cirúrgico.

 

Por isso é importante para se evitar uma  insatisfação futura conversar abertamente com o seu cirurgião plástico. Somente ele poderá tirar todas as suas dúvidas e esclarecer todas as possibilidades do procedimento, colaborando consideravelmente para minimizar suas ansiedades e receios.

Algumas pacientes, porém, insistem em argumentar contra o médico usando informações da internet ou de amigas.

Outro alerta são os supostos simuladores virtuais, antiéticos e proibidos pelo CFM, uma vez que é impossível prever o resultado final com precisão. Isso gerará apenas frustração e falsas expectativas. A satisfação com o resultado, na verdade, irá depender da transparência de comunicação entre paciente e cirurgião. E é importantíssimo que o paciente confie no seu cirurgião, que cheque com outras pessoas que fizeram cirurgia com ele e se  tem registro no Conselho Regional de Medicina( CRM), Registro de Qualificação de Especialização(RQE) e ainda se faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Vale lembrar que a cirurgia plástica pode precisar de retoques ao logo dos anos visto que ela não garante que você vai deixar de envelhecer. Como já disse antes, o peito com o tempo vai cair, a flacidez aparece e o paciente deve estar ciente disso para não se decepcionar.

BENEDITO FIGUEIREDO JUNIOR é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266. Email: drbeneplastica@gmail.com

 

Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, não apresentando, portanto, a opinião do site ReporterMT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.


Confira também nesta seção:
30.05.20 09h10 »  Saindo do controle
30.05.20 09h01 »  Dia Mundial da Energia
30.05.20 08h55 »  A hora do enfrentamento
30.05.20 08h51 »  Estado e o verde-amarelo
29.05.20 08h34 »  Auto exercício de imagem
29.05.20 08h32 »  Coronavírus e o meio ambiente
29.05.20 08h29 »  Saindo do controle
29.05.20 08h25 »  O outro lado do que não são
28.05.20 08h32 »  Abuso infantil não é brincadeira
28.05.20 08h30 »  Covid-19

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO