16.01.2020 | 15h08


NACIONAL / DOENTIO

Mulher segura filha de 7 anos para pai estuprar

Quatro irmãos estavam em situação "bastante deplorável". Caso em MS foi descoberto após polícia e Conselho Tutelar receberem vídeo de estupro.



A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul segue com a investigação sobre o caso dos quatro irmãos encontrados sozinhos em casa, no jardim Tijuca, em Campo Grande. O que já está confirmado é que a menina de 7 anos era estuprada. "A mãe segurava e o pai praticava o abuso", afirma a delegada Franciele Candotti Santana, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

De acordo com a delegada, as três crianças e o adolescente de 13 anos falaram sobre os abusos. Um deles consta em um vídeo feito por uma testemunha. "Contém cenas de estupro contra a filha mais nova. As crianças confirmaram todos os fatos".

E esta não é a primeira vez que o pai é suspeito de estupro. Ele tem passagens pelo crime e também por importunação sexual, em Corumbá, de onde a família é. Lá ele também respondeu a um processo já sentenciado pelo qual está foragido.

A polícia e o Conselho Tutelar chegaram até as crianças após terem recebido o vídeo com o abuso. Na casa, os irmãos de 3 a 13 anos "estavam em uma situação bastante deplorável".

"Elas estavam vivendo em uma sujeira danada. Sem alimentação nenhuma, uma bagunça. Uma situação de abandono mesmo", fala a delegada.

Os pais das crianças vão responder, além do estupro, por ameaça e abandono intelectual. Elas eram intimidadas a não falarem sobre o que passavam e desde o ano passado não iam à escola. "O pai ameaçava para elas ficarem caladas, ficarem em silêncio com relação ao estupro", conta Franciele.

O celular do adolescente foi apreendido e, na análise inicial, não contém nada de ilícito. Porém, diante da possibilidade de ter apagado arquivos, o aparelho será encaminhado para perícia. A polícia vai ouvir também outras pessoas sobre o caso. Os irmãos estão em um abrigo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO