14.10.2019 | 18h47


RELAÇÕES PERIGOSAS

Jovem esfaqueia ex-sogra e adolescente após ameaçar a ex pelas redes sociais

Rapaz descumpriu medida protetiva e segue foragido desde o crime.



A Polícia Civil de São Vicente, no litoral de São Paulo, procura por um homem de 24 anos foragido desde o último sábado (12), ele é acusado de tentar matar a ex-sogra de 52 anos e um garoto de 13 e publicar ameaças nas redes sociais. A motivação do crime está sendo investigada pela polícia.

De acordo com informações apuradas pelo G1, o caso ocorreu na madrugada deste final de semana em um ponto de ônibus da Rua Frei Gaspar, no bairro Beira Mar, em São Vicente, o suspeito abordou as vítimas procurando pela ex-namorada. Antes que pudesse responder foi golpeada com uma facada no ombro, o menino tentou defender a mãe e acabou atingido no ombro também.

As vítimas foram socorridas pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com cortes profundos e levados ao Hospital Municipal de São Vicente, o antigo 'Crei', e se encontram em estado estável. Segundo as autoridades, o rapaz fugiu de bicicleta após o crime e permanece foragido desde então. Nas redes sociais, o agressor chegou a fazer ameaças, que estão sendo investigadas. "Vai sofrer toda a dor que você causou a mim e a minha família", afirma ele em uma das postagens.

A Polícia Civil constatou, também, que o jovem descumpriu a medida protetiva expedida pela 1ª Vara Criminal de São Vicente, emitida em favor da ex-namorada e da família dela. O caso foi encaminhado e registrado na Delegacia de Polícia Sede de São Vicente como tentativa de homicídio qualificado como feminicídio.

Em nota, a Prefeitura de São Vicente informou que mãe e filho passaram por atendimento médico e foram liberados. A ocorrência foi acompanhada pelo Conselho Tutelar do município, que encaminhou as vítimas para o serviço de acolhimento, onde receberam atendimento.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO