alexametrics
06.07.2020 | 09h00


GERAL / RISCO À SAÚDE

Umidade do ar cai para 17% e Cuiabá entra em estado de alerta a partir desta segunda-feira

Durante esse período as pessoas ficam mais propensas a contrair infecção como gripes, resfriados e ressecamento de pele.


DA REDAÇÃO

Entre julho e agosto, a Capital entra no período de estiagem, ou seja, sem chuva e temperaturas elevadas. O clima começa dar os primeiros sinais, e segundo previsão do site meteorológico  Clima Tempo, a umidade relativa do ar deve cair para 18%, na tarde desta segunda-feira (06).

O período crítico deve ocorrer entre 14h e 20h de hoje.

Com a mínima de 20 graus e máxima de 36 graus, os cuiabanos já recebem o aviso para os cuidados com a saúde, principalmente, neste no atípico em que se vive uma pandemia.

Um alerta de atenção foi colocado para infecção como gripes, resfriados e ressecamento de pele. Já a classificação de risco para os raios ultra-violentas é de muito alta, nesta segunda-feira. 

Na terça-feira (7), a situação não é diferente, a mínima prevista é de 18 graus e a máxima de 35 graus. Durante o dia a umidade cai para 17%.

A recomendação dos especialistas para esse período é o uso de roupas leves e protetor solar, ligar o umidificador de ar no ambiente, ou colocar um balde de água, evitar atividades físicas nas horas mais quentes e de umidade mais baixa. 

 

A tendência de julho até agosto é de que a umidade continue caindo e a temperatura se elevando. Em 2019, Cuiabá passou por um período crítico, registrou o dia mais quente da história com 42 graus e a umidade mais baixa em 5%.

Veja previsão desta segunda:

RepórterMT/Reprodução

Captura de Tela 2020-07-06 a?s 08.18.29.png

Previsão do site Clima Tempo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime