23.05.2020 | 16h18


GERAL / ALVARÁ VENCIDO

Prédio da MRV que pegou fogo em Cuiabá tem irregularidades na construção; Veja

Gestão do condomínio briga na Justiça com a empresa MRV para que reparos sejam feitos.


DA REDAÇÃO

O condomínio Chapada Diamantina, que teve um apartamento atingido por grande incêndio, na última terça-feira (19), está com o alvará de segurança do Corpo de Bombeiros atrasado, desde 2016, devido a irregularidades no local. O conjunto de apartamentos fica no bairro Dom Aquino, na Capital.

O Corpo de Bombeiros, por meio da assessoria, informou que uma vistoria foi feita no dia 16 de dezembro de 2019, e que na ocasião foram apontadas irregularidades para correção e, só assim emissão do alvará.

Conforme apurou o , a empresa MRV precisa corrigir alguns problemas de vícios na construção, para que a gestão consiga renovar o documento.

No entanto, segundo a síndica do local, a empresa se recusa a fazer os reparos e a situação foi judicializada. Os condôminos movem dois processos contra a empreiteira, e ação está na fase de perícia.

Procurada pela reportagem, a MRV respondeu, sobre o incêndio, que lamenta o ocorrido e esclarece ao mercado que todos os condomínios residenciais construídos seguem rigoroso processo de engenharia. Quanto às alegações da gestão do condomínio, não houve resposta.

Na última terça-feira (13), um apartamento do terceiro andar, do Bloco E, pegou fogo e as moradoras tiveram perda total. Os condôminos passaram por um susto, quatro pessoas do andar de cima ficaram presas e tiveram que ser resgatadas pelos bombeiros.

O incêndio não deixou vítimas fatais, apenas prejuízos financeiros para os moradores. Ao todo,15 bombeiros atuaram na ocorrência. 

Veja vídeo:

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:
Crédito:
Crédito:










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO