09.09.2016 | 17h00


SAIBA COMO AJUDAR

Perdida em Cuiabá, idosa procura desesperadamente por familiares

Idosa está há uma semana no Albergue Municipal Manoel Miraglia. Ela disse que veio para Cuiabá para encontrar a casa de uma tia. A equipe tem dificuldades de localizar os familiares.


DA REDAÇÃO

Ela conta que veio de Jangada (82 km de Cuiabá) para encontrar a tia Délia que mora próximo a um cemitério na região central da Capital, esta é a historia que a idosa Lourdes Maria Corrêa de Almeida, de 64 anos, relatou ao dar entrada no Albergue Municipal Manoel Miraglia há uma semana.

“Ela está um pouco impaciente querendo voltar para casa em Jangada, onde segundo nos disse, mora na avenida principal. Nós estamos tentando localizar a tia que ela diz morar em Cuiabá”.

A gestão da unidade disse ao que a idosa está desesperada em busca de seus familiares. Lourdes Maria não dorme e também se nega a fazer as refeições. A idosa foi encaminhada para o albergue após ser encontrada na Rodoviária de Cuiabá, pela equipe do Centro Especializado de Assistência Social (Creas).

A coordenadora do albergue Olga Ribeiro Curvo, disse que a idosa está ansiosa para deixar o local e voltar para casa. “Ela está um pouco impaciente querendo voltar para casa em Jangada, onde segundo nos disse, mora na avenida principal. Nós estamos tentando localizar  a tia que ela diz morar em Cuiabá”.

Até o momento ninguém apareceu na unidade dizendo ser familiar ou que conheça a idosa. Ela não faz utilização de medicamento e até o momento não foi localizado o cadastro nem o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

A coordenadora disse que a informação de onde ela diz morar, no município de Jangadam não confere. Um motorista da Prefeitura da cidade esteve no local, não a reconheceu e disse também que o endereço que ela informa não existe.

A idosa também conta que trabalha na roça, porém não apresenta marcas pelo corpo de uma vida rural. Lurdes chegou à unidade apenas com uma mala contendo seus pertences. O albergue irá encaminhar a idosa para atendimento médico para verificar se ela sofre de algum problema de memória.

Quem tiver alguma informação ou parentesco com a senhora Lourdes Maria Corrêa de Almeida pode ligar para os telefones 3616-6655 (Albergue) ou 99203 1255 (Olga).

 

Reprodução

lourdes-maria.JPG

Lurdes Maria procura pelos familiares em Cuiabá. 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com a Lei ou acha que Bolsonaro deve vetar

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

A aprovação da lei é que é um abuso; veta Bolsonaro

Não sei acho que não muda nada

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER