19.05.2020 | 16h51


GERAL / AVANÇO DA COVID-19

Novo decreto restringe funcionamento do comércio em Várzea Grande

Regras valem para estabelecimentos do gênero alimentício, sendo mais rígidas para bares, lanchonetes e conveniências


DA REDAÇÃO

Novo decreto da prefeitura de Várzea Grande restringe funcionamento de restaurantes, supermercados, pizzarias, padarias e outros estabelecimentos do setor de gênero alimentício das 6h às 21h. Após este horário, só poderão funcionar com delivery ou drive thru. A restrição é ainda maior para bares, lanchonetes, conveniências e distribuidoras de bebidas, que só poderão funcionar das 6h às 18h e não está proibido o consumo no local.

As novas regras também valem para os trabalhadores ambulantes de gênero alimentício. Volta a ser proibido o consumo no local e o funcionamento está liberado das 8h às 21h. Após este horário estão permitidos delivery ou drive thru.

Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre Campos afirma que as novas medidas foram tomadas diante o descumprimento das regras de distanciamento, de uso de máscaras, de meios de higienização e principalmente por servirem gêneros alimentícios que deveriam ser apenas por delivery (entrega) ou drive thru (retirada no balcão), sem serviço de atendimento.

“Nós estamos atentos e vamos propondo mudanças na medida em que as pessoas não tiverem consciência de que parte do problema é elas que tem a capacidade de ajudar o Poder Púbico a fazer o enfrentamento à covid-19. Coronavírus mata e se não houver responsabilidade de todos, não apenas dos gestores públicos, a situação tende a piorar. Diferente de muitos, Várzea Grande atua e cumpre seu papel, sem procurar culpados, o que se tornou muito comum para aqueles que não tem resposta em meio à crise”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes.

Comandante da Guarda Municipal e secretário de Defesa Social, Evandro Homero, afirma que está ocorrendo muitos problemas nestes setores, tanto que nas fiscalizações noturnas destes ambientes no final de semana passada, mais de 150 estabelecimentos foram notificados e alguns até mesmo fechados.

As indústrias também tiveram as exigências revisadas para um maior controle efetivo de possíveis casos que subiram nos últimos dias em todos os setores da cidade. No novo decreto da prefeita Lucimar Sacre de Campos ficou definido que as indústrias deverão disponibilizar, em sua linha de produção, álcool em gel aos seus colaboradores, além de exigir que todos os seus empregados utilizem máscara e mantenham distanciamento de 1,50 metro, fora obedecer as limitações de atendimentos por vezes, ou seja, se eram atendidos 20 clientes ao mesmo tempo, agora somente poderão ser atendidos entre 5 e 10 por vezes, revezando.

Várzea Grande liberou o funcionamento de todo o comércio e está apenas com as aulas suspensas. Os casos de covid-19 na cidade cresceram muito após a flexibilização das medidas restritivas. Hoje são 76 casos confirmados, o terceiro maior número no Estado. Já são quatro óbitos registrados de moradores da cidade.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Rosana de amorim  21.05.20 00h19
Obridaga prefeita vc esta deixando nós trabalhado sem trabalhar ta bom vc tem seu salario parabens pelo seu novo decreto

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO