05.04.2016 | 18h57


GERAL / MISTER AMAZONAS

Morre modelo baleado 4 vezes em assalto à loja



O modelo e universitário Rosivaldo Miranda Diniz, de 23 anos, baleado durante assalto em uma loja no Centro de Manaus, na manhã desta terça-feira (5), não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele ainda chegou a ser socorrido e encaminhado ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul. O jovem, que era conhecido como Júnior Diniz, foi atingido com quatro tiros na região da cabeça, braços e peito. O crime ocorreu por volta das 9h, na loja "Ciclista", localizada na rua Comendador Clementino, no Centro.  

De acordo com testemunhas, o estudante foi até a loja para comprar produtos para a motocicleta dele. Ele estava do lado de fora do estabelecimento instalando os produtos com a ajuda de um vendedor, quando o crime ocorreu. Relatos de testemunhas dão conta que o suspeito entrou na loja armado e anunciou o assalto. Ele pegou do caixa o valor de, aproximadamente, R$ 500 em espécie.

Um vendedor, que não quis ser identificado, contou ao G1 que o assaltante passou em frente à loja antes do crime.

"Ele passou aqui e perguntou as horas. Eu disse: 'não sei'. E aí ele desceu a rua. Depois de um tempo, ele voltou para assaltar. Ele entrou na loja, pegou dinheiro do caixa e foi pegar a chave da moto do cliente. Na hora que ele subiu na moto, o cliente reagiu. A moto caiu por cima dele [cliente] e o assaltante fez os disparos", contou.

Em seguida, o suspeito tentou fugir do local do crime. No entanto, ele foi impedido por populares. Ele chegou a ser agredido antes da chegada da polícia (veja o vídeo acima). Um segundo envolvido no crime estaria foragido.

Altair Diniz, de 32 anos, irmão de criação da vítima, disse que a família está abalada. "Está sendo muito difícil. Tudo o que queremos é justiça. Nada vai trazer a vida dele de volta, mas queremos que o suspeito permaneça preso", disse.

Modelo
Rosivaldo Miranda Diniz cursava Educação Física. Ele era modelo e foi eleito Mister Amazonas Tur em 2015. Eduardo Gomes, coordenador do concurso, lamentou a morte do modelo.

"Nesse momento, só temos que agradecer por tudo o que ele fez, porque não é somente o concurso que faz pelo modelo, o modelo também faz muito pelo concurso. E ele agarrou, com todas as forças, todas oportunidades que foram dadas. Vamos escolher, em dois meses, o próximo mister e ele, infelizmente, não estará para passar a faixa", disse.

No Facebook, amigos comentaram a morte do universitário. "Tá difícil de acreditar! É inacreditável como pessoas boas vão embora dessa forma! O mundo perdeu um cara fantástico, batalhador, guerreiro e que sempre correu atrás dos seus sonhos", disse um deles.

"Vá em paz Mano que Deus conforte os corações dessa família e amigos... Ainda não caiu a fixa vc que tanto mostrou que é capaz um grande Coach uma pessoa incrível estou em choque", comentou outro amigo.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO