04.04.2020 | 13h30


GERAL / PANDEMIA

Médica explica ação da vacina contra a pneumonia em caso de Covid-19

A médica Keyla Medeiros Maia Silva afirma que a vacina não é suficiente para coibir uma possível pneumonia bacteriana.


DA REDACÃO

O conversou com a pneumologista Keyla Medeiros Maia Silva, que explicou como as vacinas de pneumonia podem influenciar em um possível quadro de coronavírus. Os casos graves da Covid-19 apresentam a Síndrome da Insuficiência Respiratória Aguda, e toda doença que afeta os pulmões é considerada um tipo de pneumonia e abre campo para uma infecção bacteriana. 

“Toda vez que uma pessoa tem uma infecção viral, potencialmente ela fica sujeita à infecção por bactéria. Então o vírus causa um dano tecidual e isso abre uma porta de entrada para as bactérias. É comum pneumonia bacteriana, em cima de uma lesão pulmonar viral”, pontua a médica

A médica conta que há dois tipos de vacina a Pneuno 23, e uma que apresenta uma fórmula mais completa a Prevenar 13, ambas combatem o pneumococo, um dos agentes mais atuantes na causa da doença. 

“A vacina vai coibir a infecção pelo pneumococo, que é a causa mais comum de pneumonia bacteriana no mundo. Pneumococo é um grande matador, porém a pneumonia bacteriana pode ser causada por qualquer bactéria”, continua a especialista. 

Diante disso, a médica pondera que não vai ser uma vacina que irá impedir que da pneumonia viral se desenvolva o quadro bacteriano. 

“Tudo que puder ser evitado com vacina, deve ser evitado. Porém, não creio que vai ser esse mecanismo suficiente para coibir uma pneumonia bacteriana, complicando a pneumonia viral. Porque se não for o pneumococo, vai ser outro”, afirma Keyla.

Vacina 

A Pneuno 23 é a mais fácil de ser encontrada. Ela está disponível em unidades particulares, no entanto, seu valor não é acessível já que custa em média R$ 200. Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a Pneuno 23 é ofertada apenas para pacientes no grupo de risco, que possuam um encaminhamento médico, como o caso de idosos, gestantes e doentes crônicos. 

A Prevenar 13 que é possuí a formula mais completa contra o pneumococo, no Brasil, é encontrada apenas no SUS. Porém, apenas para um pequeno grupo de doentes, sendo eles pacientes oncológicos, portadores do vírus HIV e pessoas que passaram pós transplantes. 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO