07.06.2019 | 08h50


ESTAVAM DESAPARECIDOS

Gerente e funcionário de Jayme morrem após caminhonete cair em rio

As vítimas estavam desaparecidas desde a manhã de quinta-feira (06),quando saíram da fazenda para buscar uma peça de trator, na cidade de Juína.


DA REDAÇÃO

Gerente e funcionário de uma fazenda do senador Jayme Campos (DEM), localizada entre os municípios de Juína e Juruena, morreram após caírem com uma caminhonete Ford Ranger dentro de um rio. O acidente aconteceu na quinta-feira (06).

O gerente, identificado como José Moisés de Carvalho, trabalhava para o senador desde a década de 80. A segunda vítima foi identificada como Paulo Roberto.

Ambos estavam desaparecidos desde a manhã daquele dia, quando saíram cedo da fazenda, com a caminhonete adesivada com o nome da empresa Agropecuária Jayme Campos e não deram mais notícias.

Eles teriam se deslocado para Juína, onde buscariam uma peça de trator.

Conforme a assessoria do senador, a distância entre a fazenda e a cidade é de 100 km, por uma estrada de trafegabilidade ruim.

Após a denúncia do desaparecimento, as buscas foram iniciadas no suposto trajeto feito pelas vítimas. A caminhonete e os corpos foram localizados dentro de um rio que passa pela estrada da fazenda.

O caso é investigado pela Polícia Civil.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO