17.02.2020 | 14h30


GERAL / HOSPITAL VETERINÁRIO

Emanuel deve entrar na Justiça contra empresário que impediu lançamento de obra

O lançamento da obra aconteceria na manhã desta segunda-feira (17), no Parque Cuiabá, mas empresário apareceu no local acusando a Prefeitura de Cuiabá de invadir o terreno e o lançamento foi adiado


DA REDAÇÃO

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que pretende recorrer à Justiça para iniciar a obra do Hospital Veterinário Municipal.

O evento de lançamento do projeto estava previsto para acontecer nesta segunda-feira (17), mas um empresário apareceu ao local alegando ser dono do terreno que fica na Rodovia Palmiro Paes de Barros, próximo ao Cemitério Parque Bom Jesus, em Cuiabá.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais, o prefeito explicou que, após saber da reivindicação do suposto dono da área, resolveu suspender a solenidade de lançamento até que a situação seja esclarecida.

Ele ainda destacou que é comum que pessoas reivindiquem serem donas de áreas que pertencem ao município.

“Aqui em Cuiabá é muito comum essa luta por áreas públicas. Pessoas aparecem tempos depois, até com documento em mãos, alegando que aquela área que, no nosso controle da prefeitura é dita como pública, na verdade é de propriedade particular”, destacou.

“Para não cometer uma injustiça ou mal-estar desnecessário, 10 ou 15 dias não vão alterar em nada o lançamento dessa obra e o nosso comprometimento com a defesa animal. Achei por bem, suspender o lançamento hoje e esclarecer essa situação de forma administrativa ou até na Justiça se for o caso”, complementou.

Antes do lançamento da obra, o empresário, Luiz Alberto Gebrim, disse que comprou a área em 2010, por R$ 1 milhão. Ele comentou que, antes de fazer aquisição do terreno, conseguiu parecer da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e que chegou de verificar no cartório a situação da área que, segundo ele, estava tudo certo.

Ele ainda alegou que paga o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), cerca de R$ 20 mil, e acusou a Prefeitura de Cuiabá de invadir o terreno. Gebrim afirmou que vai ingressar com mandado de segurança na Justiça para tentar evitar que o hospital veterinário seja construído no local. “Está muito estranho. Quero um esclarecimento, quero saber como vai ficar, se a prefeitura vai me pagar à área, vai me indenizar”, disse Gebrin. 

Leia mais:

Lançamento de obra é cancelado após empresário acusar prefeitura de invadir terreno

 

Veja o vídeo:











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Roberto Pereira  17.02.20 21h37
Pegando um gancho na fala do prefeito pergunto: Aquele posto de combustível em frente ao shopping Pantanal está em área pública ou privada?

Responder

16
0
Antonio carlos cuiabano   17.02.20 15h00
kkkkkkkkkk é liso o homem 8

Responder

6
1
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO