03.11.2014 | 08h30


LUGAR NOJENTO

Comerciantes devem deixar Feira do Verdão até o dia 20 de novembro

Os permissionários estão autorizados desde o dia 07 de julho para iniciar a reforma dos boxes


DA REDAÇÃO

Os permissionários que trabalham na atual Central Atacadista de Cuiabá, popular Feira do Verdão, têm até o dia 20 de novembro para ocuparem em definitivo para o novo espaço que está concluído no Distrito Industriário, também na Capital.

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Elias Andrade, os permissionários precisam concluir as adaptações nos boxes para então transferir os comércios para o local. 

Segundo o secretário, os permissionários estão autorizados desde o dia 07 de julho para iniciar a reforma dos boxes, mas as adaptações ainda não foram concluídas. Estão autorizados a trabalhar no novo centro atacadista 121 permissionários, que se cadastraram na Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

No local em que estão atualmente, 200 produtores abastecem o comércio de 205 permissionários, que trabalham no Terminal Atacadista. A feira emprega 1300 funcionários.

Segundo Elias, a parte que cabe a Prefeitura já está em fase de acabamento. “Até o dia 10 de novembro, vamos concluir o asfaltamento da rua que dá acesso ao novo terminal atacadista, até o dia 20 vamos entregar os restaurantes no local. Nesta data já queremos estar com o espaço no Verdão totalmente liberado”, explica.

A obra do novo terminal está sendo bancada com recursos próprios da administração de Cuiabá, num investimento de R$ 3,9 milhões.  O novo terminal possui área total de 70 mil m², e abrigará 164 boxes de 120 permissionários diferentes.

Elias explica ainda que o espaço deve estar completamente liberado até final de novembro, quando vai iniciar a demolição da estrutura atual e iniciar a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão. “Esse é o prazo final. A obra da UPA já está licitada e agora vamos iniciar a construção”.

CONSTRUÇÃO DA UPA

A Prefeitura de Cuiabá já definiu qual empresa será responsável pela construção da nova unidade. Segundo informações da Secretaria de Saúde da Capital, a empresa Material Forte Incorporadora será responsável por executar o projeto, que foi orçado em R$4 milhões, parte do valor será subsidiado pelo Governo Federal. 

Mesmo com o projeto pronto e o valor liberado, a Prefeitura aguarda a retirada dos feirantes que ainda trabalham no local, para iniciar as obras. A unidade deve seguir o mesmo padrão adotado para a construção da UPA do bairro Morada do Ouro.











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ricardo  12.01.15 21h52
Afinal, onde esta localizado a feira? qual endereco no industrial? ja mudou?

Responder

0
0
mayara magda  03.11.14 14h27
espero que desta vez saia mesmo,pois essa feira só fica ensaiando para sair, acho um cumulo esses feirantes se acham dono da rua na lateral caminhoes fica de ponta a ponta da rua ocupando todo espaço, e onde nao e local de estacionar e os amarelinhos cade nada de cumprir com suas obrigações,ja estão ocupando ate a av agricola com caminhões uma nojeira lixo pra todo lado gritaria logo cedo sem respeito nenhum com pessoas que moram ali,tourço para essa nojeira da feira sair dali pois meus pais moram ali na lateral estou ali todos os dias e vejo esse absurdo e indignada..

Responder

0
0
mayara magda  03.11.14 14h26
espero que desta vez saia mesmo,pois essa feira só fica ensaiando para sair, acho um cumulo esses feirantes se acham dono da rua na lateral caminhoes fica de ponta a ponta da rua ocupando todo espaço, e onde nao e local de estacionar e os amarelinhos cade nada de cumprir com suas obrigações,ja estão ocupando ate a av agricola com caminhões uma nojeira lixo pra todo lado gritaria logo cedo sem respeito nenhum com pessoas que moram ali,tourço para essa nojeira da feira sair dali pois meus pais moram ali na lateral estou ali todos os dias e vejo esse absurdo e indignada..

Responder

0
0

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER