03.04.2019 | 12h30


ÁGUAS DE ABRIL

Avenida das Flores e Trincheira do Tijucal são interditadas; veja vídeos e fotos

As vias foram interditadas pelo Corpo de Bombeiros e pela Semob por falta de segurança para o tráfego nos locais.


DA REDAÇÃO

O Corpo de Bombeiros (CBM) interditou a Avenida das Flores, principal via do bairro Jardim Cuiabá na manhã desta quarta-feira (03), devido ao alagamento formado pela forte chuva. Outra via interditada, mas pela Secretaria de Mobilidade Urbana, foi a Trincheira do Tijucal. Ao a assessoria do Corpo de Bombeiros informou que a interdição da Avenida das Flores se deu por medida de segurança já que o nível da água ficou alto e representava risco a quem tentasse passar pela área. 

Quanto à Trincheira do Tijucal a orientação da Semob é de que a via só será liberada quando a água escoar, pois não há condições de tráfego no local. Os bombeiros atenderam diversas ocorrências devido à chuva, uma delas é de um cadeirante que ficou preso dentro da sua residência, que foi inundada.

O resgate foi realizado e o homem não apresenta ferimentos. Os moradores deixaram a casa, que fica no bairro Shangrilá, até que o volume de água baixe. Segundo o Coronel da Defesa Civil, Paulo Wolkmer a chuva era aguardada, mas excedeu a expectativa “esperávamos uma chuva forte de 50 milímetros, no entanto choveu 65 milímetros em Cuiabá”, afirmou. A Defesa Civil está realizando vistorias a escolas e residências em áreas afetadas pela forte chuva. O intuito é aconselhar que os moradores se realocassem temporariamente e avaliar se não há riscos. Nas escolas é avaliado se há a necessidade de suspender as aulas.

Ainda foi emitdo pelo órgão mensagem de risco hidrológico moderado, aos números que se cadastraram para receber avisos.

De acordo com as instituições, que realizam atendimento, até o momento não houve acidentes ou vítimas decorrentes da chuva.

Veja vídeos

 

Leia mais

Chuva intensa alaga ruas e avenidas e causa prejuízos em Cuiabá

 

Galeria de Fotos:
Crédito: Reprodução
Crédito:
Crédito:
Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER