02.09.2015 | 07h36


GERAL / INSATISFEITOS COM ENSINO

Alunos da Unic e Unirondon chamam para 'greve' geral nesta quarta

O movimento estourou quando a UNIC passou a oferecer 50% de desconto a alunos de outra faculdade. Os alunos reclamam das salas superlotadas, equipamentos pedagógicos ultrapassados e aulas à distância, sem a presença do professor.


DA REDAÇÃO

Alunos da Universidade de Cuiabá (Unic) e do Centro Universitário Cândido Rondon (Unirondon) estão chamando para uma paralisação acadêmica geral nesta quarta-feira (2), contra uma série de problemas dos quais estariam reclamando há tempos com a direção sem que nada fosse feito. As duas instituições são ligadas ao grupo Kroton, que é a maior rede de faculdade do país.

Os alunos reclamam das salas superlotadas, equipamentos pedagógicos ultrapassados e aulas à distância, em que os alunos entram em um sistema virtual, sem a presença física do professor.

Os problemas são, segundo os alunos, entre outros, salas superlotadas, equipamentos pedagógicos ultrapassados e aulas à distância, em que os alunos entram em um sistema virtual, sem a presença física do professor.

Os organizadores da manifestação não sabem precisar o alcance da adesão e alegam que muitos alunos receberam e-mails, da direção, chamando para a sala de aula, reforçando que vai ter aula e que, quem não comparecer irá levar falta, mas a convocação dos manifestantes vale para todos os campi da Unic e Unirondon.

A direção avisa que quem não comparecer irá levar falta, mas a convocação dos manifestantes vale para todos os campi da Unic e Unirondon.

Às 19 horas desta quarta, a intenção é protestar em frente às faculdades de Cuiabá, campus Beira Rio, Tangará, Primavera do Leste e Sinop.

Na semana passada, alunos do curso de odontologia se articularam para reclamar de uma estratégia de marketing da Unic, para atrair alunos da Universidade de Várzea Grande, oferecendo 50% de desconto na mensalidade, além de pós-graduação gratuita, o que segundo os universitários lotou ainda mais as salas, nas quais eles pagam o dobro para estudar.

O movimento estourou quando a UNIC passou a oferecer 50% de desconto a alunos de outra faculdade

Leia sobre isso aqui e aqui.

O grupo Kroton, através da Assessoria de Imprensa, argumenta que “está atento às solicitações dos alunos e trabalha assiduamente para construir um ambiente de estudos adequado”.

 

A nota diz ainda que “com base na premissa de excelência, a instituição realiza estudos para a melhoria contínua de sua infraestrutura. Os estudantes ainda contam com o acesso a laboratórios e bibliotecas que corroboram a vivência universitária”.











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ludymilla Souza  02.09.15 15h11
Além do estacionamento que é um absurdo ser cobrado(um valor caríssimo), as mensalidades aumentam todo semestre significativamente! As salas de aulas são um lixo, com ar condicionados que não funcionam,são antigos e com barulhos ensurdecedores que as vezes não dá para ouvir o que o professor diz. (Isso porque não tem microfones) outros equipamentos como 'data show' raramente funcionam, quando funcionam é sem áudio, ou sem vídeo! (uma vergonha).Muitos docentes com baixa metodologia de ensino (Alguns deixam muito a desejar). Tendo em vista que pagamos CARO, para obter uma formação de qualidade. Sem falar em disciplinas on-line, pagamos para ter um professor presente em sala, e o que acontece é o contrário, (Se quiséssemos estudar a distancia não estaríamos em faculdade PRESENCIAL). As salas de aula estão com 3 semestres juntos, isso é o cúmulo do absurdo. (Eles não querem pagar professores e unificaram as turmas,prejudicando os alunos para reduzir custos essa é a verdade!). A UNIC é só status, é só fachada, eles vendem o que não tem... Ensino e infraestrutura de qualidade passam longe da UNIC BEIRA RIO. (ESTES FATOS SÃO VERÍDICOS. ESTUDO LÁ, APENAS PORQUE MEU CURSO NÃO TEM EM OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO EM CUIABÁ, SE TIVESSE COM CERTEZA EU NÃO ESTARIA MAIS NAQUELE LUGAR...)

Responder

0
0
Joamir  02.09.15 13h17
Uma verdadeira lástima, uma instituição onde o reitor não sabe nem explicar A+B vc pergunta sobre a mensalidade e ele fala sobre a história da unic, não quero saber da história, quero saber do meu dinheiro, seu palhaço!!

Responder

0
0
Jomax  02.09.15 08h38
Outra situação ridícula por parte da UNIC é cobrar estacionamento dos estudantes. Já não basta a alta mensalidade que é reajustada anualmente e ainda cobram para os estudantes estacionarem seus carros e ainda assim não oferece nenhuma segurança. Pô, o estacionamento gratuito é um direito de todos os estudantes e uma obrigação da UNIC oferecer esse serviço a seus estudantes, como qualquer universidade séria faz. Então, cobrem da direção da UNIC o estacionamento gratuito. Exigem seus direitos!

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO