20.02.2020 | 08h45


ESPORTES / VEJA QUAIS SÃO

Subaru faz recall de 6 modelos por 'airbags mortais'

Legacy, Outback, Imprenza, WRX, STI e Forester podem ter falha no airbag do passageiro. Dispositivo pode expelir elementos metálicos no interior do veículo.



A Subaru anunciou no Brasil o recall de 6 modelos por defeito no airbag do passageiro. Legacy, Outback, Imprenza, WRX, STI e Forester foram convocados para que seus proprietários levem os veículos para o reparo nas concessionárias.

A empresa, que é representada pela Caoa no Brasil, informa que os airbags podem projetar fragmentos metálicos no interior do veículo. A falha é a mesma apresentada em dispositivos da Takata que gerou um recall de milhões de veículos em todo o mundo, deixando dezenas de mortos, no caso conhecido como "airbags mortais".

A primeira morte no país em decorrência do problema foi revelada na semana passada em um carro da Honda, no Rio de Janeiro.

Veja os chassis envolvidos:

 

 

  • Legacy ano/modelo 2005 a 2014 data de fabricação de 2/9/04 a 21/11/13 números de chassis (não sequenciais) de AG002878 a 9G053112;
  • Outback ano/modelo 2004 a 2014 data de fabricação de 7/4/04 a 23/11/13 números de chassis (não sequenciais) de AG005338 a EG174677;
  • Imprenza ano/modelo 2008 a 2011 data de fabricação de 4/12/07 a 20/9/11 números de chassis (não sequenciais) de 9G002406 a BG086071;
  • WRX ano/modelo 2005 a 2014 data de fabricação de 2/9/04 a 14/11/13 números de chassis (não sequenciais) de 9G006017 a CG086895;
  • STI ano/modelo 2011 a 2013 data de fabricação de 30/7/10 a 3/10/12 números de chassis (não sequenciais) de BG014852 a BG081858;
  • Forester ano/modelo 2009 a 2012 data de fabricação de 3/4/08 a 21/3/12 números de chassis (não sequenciais) de 9G016884 a CG298583.

 

 

No comunicado, a empresa informa que devido a uma eventual falha de vedação do airbag do lado do passageiro dianteiro, poderá haver infiltração de umidade, alterando as características do propelente.

Em caso de colisão frontal em que aconteça o acionamento desse airbag, poderá existir uma força de deflagração acima do especificado, ocasionando o rompimento da estrutura do insuflador e, consequentemente, a projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo junto com a bolsa deflagrada. Estas condições poderão causar lesões físicas graves ou fatais aos ocupantes do veículo.

Os proprietários dos veículos envolvidos deverão agendar a inspeção ou substituição do conjunto da bolsa do airbag do lado do passageiro em uma concessionária da marca. Para mais informações a empresa disponibiliza o telefone 0800 770 2011 e o site http://recall.subaru.com.br.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO