25.06.2019 | 10h10


VIROU BADERNA

Sindicato de professores bloqueia BR-364 em Cuiabá para protestar



Militantes do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) bloquearam o trânsito de veículos no km 394 da BR-364, em Cuiabá, na saída para Rondonópolis, na manhã desta terça-feira (25).

O ato é protesto pela exigência de 7,69% de reajuste salarial, que o Governo do Estado nega, sob o argumento de estar impedido legalmente por ter extrapolado os gastos com pessoal, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A Concessionária Rota do Oeste, que administra a rodovia, informou que o tráfego funcionou no sistema pare e siga. Devido ao bloqueio, grande congestionamento se formou na rodovia.

Os servidores da Educação estão em greve há um mês e decidiram na segunda-feira (24) que irão manter a paralisação e fazer uma série de atos de protesto exigindo o aumento. Então é assim, lutam por seus direitos tolhendo o sagrado direito de ir e vir dos outros. Ah, bom! 











(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

IZAURA PATRICIA DE BRITO TEIXEIRA  25.06.19 18h14
Repórter ético não emite opinião.

Responder

1
0
Caroline  25.06.19 11h57
“Direito sagrado”. Gostei! Mas acho que o direito sagrado, senhores redatores, é o direito à dignidade, à cidadania, à manifestação! O “direito sagrado” de ir e vir como disseram aí é um direito restrito ao campo individual e a luta dos professores é uma luta coletiva, pelo social. Mas acho que vocês não entenderiam do que se trata porque está é faltando estudo entre os jornalistas! Bato palma pra eles, professores, porque eles merecem!

Responder

8
0
Marilene gama  25.06.19 11h40
Verdade , eles ácham q só eles teem direitos isso é coisa de Pt e sindicalista. Circo dos horrores

Responder

1
11

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER