20.08.2010 | 17h11


Silval diz, no rádio, que WS e Mauro Mendes são incoerentes no discurso

O governador Silval Barbosa (PMDB) classificou hoje as críticas à sua gestão como exemplo de "oportunismo" eleitoral. Ele se referiu diretamente ao tucano Wilson Santos e ao socialista Mauro Mendes (PSB), que, em entrevistas e no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, elegeram o Governo do Estado como alvo principal.

"Na avaliação deles [adversários], nada presta no Estado. Quando nada funciona, aí eu sou o governador. Quando eles querem ressaltar os avanços, eu era vice", declarou Silval, em entrevista a rádio Band FM, nesta sexta-feira (20).











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER