20.07.2019 | 08h00


LAÇOS DE FAMÍLIA

Secretário nega ter espancado ex e se diz vítima de fake news sensacionalista



O secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Basílio Bezerra, emitiu nota nesta sexta-feira (19), alegando ser vítima de fake news publicadas por inimigos do Governo para manchar sua reputação. Basílio diz que vai processar os propagadores. Nesta sexta, notícia de que o secretário agrediu sua ex-mulher inundou as redes sociais. 

Na nota oficial Basílio afirma que  a ex-mulher registrou uma ocorrência em que cita ameaça, mas que foi ouvido e o caso foi arquivado por falta de provas. 

  

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTOS

O Secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra Guimarães dos Santos, vem a público esclarecer os seguintes fatos relacionados à inverídica matéria jornalística divulgada a seu respeito:

1. Nunca houve qualquer acusação de espancamento nem sequer de agressão, existindo apenas um boletim de ocorrência registrado por sua ex esposa em que alega ter ocorrido ameaça velada em conversas sobre a separação do casal;

2. O Secretário de Estado já foi ouvido pela delegada do caso e apresentou documentos, tendo a Polícia Civil concluído pela inexistência de qualquer crime praticado e relatado o inquérito pelo arquivamento do caso;

3. A falsa matéria – absolutamente sensacionalista – tem por único fim manchar a imagem do Secretário de Estado, que já apresentou sua defesa à polícia, por meio de depoimento e provas documentais, o que resultou no pedido de arquivamento do inquérito policial;

4. Em razão disso, reafirma-se a retidão e integridade do Secretário Basílio Bezerra, cuja vida pessoal e profissional é pautada pela ética e moralidade de mais de uma década e meia dedicada ao serviço público, como concursado do Estado de Mato Grosso.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER