02.05.2011 | 14h59


CIDADES

Uso indiscriminado de sacolas plásticas será tema de debate em VG

DA REDAÇÃO 12h40

O Fórum Municipal "Lixo e Cidadania" de Várzea vai promover uma reunião pública para debater com a população o uso indiscriminado das sacolas plásticas. A discussão vai subsidiar a adequação da proposta de lei que prevê a substituição das sacolas plásticas de uso único pelas sacolas retornáveis.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente os brasileiros consomem por hora cerca de 1,5 milhões de sacolas plásticas. Em contato com a natureza esse material provoca diversos danos ambientais como a impermeabilização do solo de aterros e lixões, a obstrução de pontos de drenagem de chuvas, poluição nas cidades, florestas e oceanos e até causa a morte de animais.

Em Várzea Grande a discussão sobre o problema resultou em uma proposta de Lei apresentada pelo Fórum Municipal "Lixo e Cidadania" de Várzea Grande. Pelo projeto, a distribuição gratuita de sacolas plásticas nos supermercados será proibida. Em contrapartida, os estabelecimentos deverão oferecer alternativas ecológicas, como sacolas retornáveis e caixas de papelão.

A medida foi a forma encontrada para estimular a utilização das sacolas retornáveis. "Essa proposta está em discussão desde o ano passado. Agora vamos realizar uma reunião pública para debater o projeto com a população e também para apresentar informações sobre os impactos que o uso indiscriminado das sacolas plásticas causa ao meio ambiente", explica

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO