alexametrics
29.05.2011 | 16h48


CIDADES

Servidores querem unificação da categoria para evitar greve

FERNANDA LEITE  15h40
DA REDAÇÃO

Os servidores do setor administrativo da prefeitura de Rondonópolis (215 Km de Cuiabá) ameaçam entrar em greve na próxima segunda-feira (30). A reivindicação da categoria dos setores auxiliar administrativo e agente administrativo é a criação de um decreto para que a categoria se unifique. No total são mais de 130 servidores insatisfeitos. Os assistentes técnicos querem a valorização da produtividade.

O presidente do Sindicato dos Servidores Público Municipais de Rondonópolis (Sispmur), Rubens de Oliveira Paulo, explicou que o impasse da união dos dois setores ainda não terminou. "O prefeito não quer unir os dois setores devido ao reajuste salarial que pode ocorrer. Quem ganha menos passará a ganhar mais", explicou.

Os servidores vêm reclamando que o prefeito já não é um representante da classe trabalhadora. Pátio deixou de ser o "bonzinho", classificou a categoria.

Ontem (26) o prefeito José Carlos Junqueira de Araújo (PMDB), o Zé do Pátio, não compareceu na reunião agendada com os servidores, e foi abordado pelos funcionários na vistoria de uma obra do Sanear (PAC I). O chefe do Poder Executivo decidiu receber uma comissão dos trabalhadores, na manhã desta sexta-feira (27), devido ao constrangimento que os servidores estavam fazendo.

Por nota, esclareceu que a legalidade deve caminhar na frente da ação de uma gestão pública. O prefeito comprometeu se reunir com sua equipe econômica e de receita para achar uma solução sem se comprometer o pedido dos servidores.A assessoria informou ainda que Pátio abriu uma conversa direta com o setor de funcionalismo administrativo, que nos cargos de agente, auxiliar e assistente técnico buscam isonomia salarial. Novas reuniões ficaram marcadas para a próxima semana, e devem novamente tratar do tema entre os envolvidos

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime