alexametrics
21.06.2011 | 18h46


CIDADES

Sema tem greve deflagrada por tempo indeterminado

FERNANDA LEITE   10h24
DA REDAÇÃO

Exatamente 419 servidores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) cruzam os braços a partir de hoje (21). Os manifestantes estão neste momento realizando um ato de protesto em favor da restruturação salarial e pela implantação do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS). A greve seguirá por tempo indeterminado.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Sema, José Benedito de Jesus, o secretário de Estado de Administração, Cezar Zílio, ainda não apresentou uma proposta coerente aos servidores. "O secretário nos ofereceu 33% da verba indenizatória de $R 1.950, que incorpora três anos. A categoria não irá aceitar e a greve permanecerá até que nossa reivindicação seja aceita", disse o grevista.


Na questão da restruturação salarial a categoria solicita que o valor recebido atualmente de R$ 2.880 seja reajustado para R$ 6.012.

A primeira proposta foi ofertada pelo secretário Cezar Zílio, os servidores esperam agora que o governador Silval Barbosa (PMDB) tome frente da decisão para que o órgão não tenha os serviços temporariamente paralisados.
"O governador terá que resolver, queremos uma audiência com o Silval. Por que o Cezar não resolveu nada", concretizou.

No começo do mês, os servidores estiveram reunidos com o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP). Na ocasião o presidente do sindicato, entregou a proposta nas mãos do presidente da AL.
Riva disse que iria marcar uma audiência com o secretário de Administração e com o governador Silval, para finalizar o impasse dos grevistas. Até o momento também não houve essa negociação.

Os servidores não tem restruturação salarial desde o ano de 2000, apenas correções do índice inflacionários.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com o secretário da Sema, Alexander Maia, mas ele não atendeu as ligações.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime