09.06.2011 | 12h47


CIDADES

Mixto aceita proposta de políticos

ROBSON BOAMORTE 11h38
FUTEBOLMT

Ao que tudo indica o Mixto continuará refém de um grupo político. O presidente Reginaldo Amorim se reuniu com toda a diretoria do clube na quarta-feira e todos aceitaram a proposta desse grupo que chegaria como uma espécie de AFAM renovada.

Os interessados pretendem angariar fundos ao Tigre, mas a proposta iria mais além, com a estruturação do clube, com a melhoria do centro de treinamento do clube para que jogadores possam ser formados e vendidos.

Esse projeto já conta com a simpatia do governador Silval Barbosa e do presidente da Assembleia Legislativa José Riva, que por sinal é mixtense declarado.

A ideia é que a Arena Pantanal não se transforme em um elefante branco, já que os clubes mais tradicionais de Mato Grosso estão em uma draga só.

"As equipes sempre viveram de grupos políticos. Mas é preciso repensar esse tipo de parceria, já que com a AFAM não deu certo. O apoio político é fundamental, desde que tenha algo já plantado. Caso contrário, ficará do mesmo jeito", disse Amorim.

As tratativas ainda estão no início, mas o bastão já foi repassado aos políticos interessados. "Agora depende deles, pois já aceitamos o acordo", confirmou. A princípio, o atual presidente do Conselho Deliberativo, Hélio Machado, seria o novo diretor de futebol.

Machado não foi encontrado para comentar o assunto.

Para não repetir os mesmos erros no acordo com a AFAM, Amorim pretende amarrar muito bem a nova parceria.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO