alexametrics
24.01.2011 | 10h03


CIDADES

Esposa diz que Shaolin ainda pode perder o braço

O FUXICO    09h59

Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, permanece internado em coma induzido no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, quando foi transferido na sexta-feira (21), após dar entrada no Hospital Antonio Targino, em Campina Grande, cidade onde aconteceu o acidente em que Shaolin se chocou contra um caminhão.

Laudicéia Veloso, mulher do humorista, concedeu uma entrevista por telefone ao Programa do Gugu, na Record, neste domingo (23) e contou que o estado clínico de seu marido é "estável, dentro de sua gravidade” e que ele ainda corre o risco de perder o braço, apesar de diminuir a cada dia: “o risco está diminuindo a cada dia, mas ainda existe a possibilidade [de amputar o braço]"

 

Confira os principais trechos da entrevista:

Diminuir sedativos e sair do coma induzido:

“Eles [os médicos] disseram que estão muito otimistas, porque o quadro permanece estável, dentro de sua gravidade e ele tem evolução contínua. Shaolin fez uma ressonância e, dependendo do resultado, vai diminuir os sedativos para acordá-lo”

 

Certeza de que Shaolin vai sobreviver:

“Ele está com o batimento cardíaco controlado. Ele saiu de lá [Paraíba] com 130 [batimentos] e durante o voo chegou a 85 e agora está controlado. A cada instante fico mais esperançosa e confiante, vejo que ele tem muita vontade de viver e certeza absoluta que ele vai sobreviver”

Como recebeu a notícia do acidente:

“Estava em casa e ele tinha me mandado uma mensagem que em poucos minutos estava chegando. Ele demorou, mas ainda estava dentro do horário previsto, porque sempre param artistas para pedir fotos e autógrafos. Mas, infelizmente, recebi o telefonema informando do acidente. Saí de casa correndo e cheguei no hospital no mesmo momento em que a ambulância”

Sobre o motorista do caminhão:

“Ele fugiu e não sei dizer os seus motivos. Acredito que por medo, ou estava assustado, não sei o que dizer e não posso culpá-lo. Sempre acontecem acidentes assim e, infelizmente, o Shaolin foi vítima. Quando ele estiver bem, ele que vai decidir o que vai fazer, se vai mover ação ou não [contra o motorista]”

Sobre o risco de perder o braço:

“O risco está diminuindo a cada dia, mas ainda existe a possibilidade. É preciso avaliar a cada minuto, mas os médicos me deixaram otimista. Eles estavam fazendo todos os exames para avaliar o estado neurológico dele, para então fazer a reconstituição. Só é possível mexer no braço quando o estado neurológico estiver bem. Foi feito exame pra detectar os sentidos e ele teve sinais auditivos, corresponde aos estímulos e tem pulsação no braço esquerdo, tem fluxo sanguíneo e isso é importante”

Melhora na recuperação:

“Ele correspondeu ao exame e mexeu os pés. No avião eu vi ele mexendo os pés e fiquei muito emocionada. Isso é um excelente sinal, estou esperançosa e confiante que ele vai se recuperar muito bem”

Agradecimento e pedido de oração:

“Eu agradeço muito a todo o Brasil, recebo mensagens, e-mail, pessoas deixam recados no orkut desejando melhoras. O Brasil inteiro está reunido em oração e não importa a religião. O importante é a corrente de oração. Logo ele vai voltar a fazer o que mais gosta e vai divertir todo mundo”.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime