10.09.2011 | 10h48


CIDADES

Daltro nega privatização do sistema água e esgoto em Chapada

INARA FONSECA    9h40
DA REDAÇÃO

O prefeito de Chapada dos Guimarães, Flávio Daltro (PP), afirmou nesta sexta-feira (09) ao RepórterMT que não privatizará o sistema de abastecimento de água da cidade, conforme cogitado. Ao contrário de Chico Galindo (PTB), prefeito de Cuiabá, Flávio Daltro disse que a água é um bem público e que o problema da falta de água em Chapada será resolvido através de uma parceria com o governo do Estado.

"Não vamos privatizar nada. A água é pública. O governo de Mato Grosso, através de R$ 250 mil pagos pela Agecopa, assumiu o projeto que viabilizará água para todos em Chapada", afirmou Flávio Daltro.

De acordo com o prefeito, o problema encontra-se nas nascentes. Com o intenso fluxo de turistas, as três nascentes não atendem a demanda da população. O último senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pesquisou aproximadamente 1500 casas de veraneio em Chapada, que chegam a receber 4 mil pessoas nos fins de  semana.

"De janeiro para cá, já construíram 250 casas. As nascentes não estão dando conta, principalmente na época da seca. Temos que encontrar uma maneira de trazer água para a cidade. A 22 km, 34 km já temos água para isso", disse o prefeito.

O estudo técnico que indicará como a água chegará até Chapada deve ser apresentado nos próximos 60 dias. Além dos R$ 250 mil pagos pela Agecopa, outros R$ 10 milhões foram disponibilizados pelo governo do Estado. O objetivo do projeto é trazer a água até a estação de tratamento existente na cidade. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO