alexametrics
04.02.2011 | 15h16


CIDADES

Cuiabá está em vantagem em relação às outras sedes, diz ministro

ROBERTA DE CÁSSIA   13h00
DA REDAÇÃO

Em audiência com o prefeito Chico Galindo(PTB), o ministro do Esporte Orlando Silva disse que Cuiabá está em vantagem nas obras da Arena em relação às outras capitais que sediarão a Copa 2014.

O ministro, que já visitou as capitais São Paulo e Rio de Janeiro, está visitando oficialmente, a pedido da presidente Dilma Rousseff (PT), as 12 capitais para ouvir dos prefeitos e governadores o andamento das obras que vem acompanhando por fotos e imagens. "Não visitei ainda a obra da Arena, mas pelas fotos que vi com a presidente, podemos dizer que ela está muito satisfeita com o andamento da obra aqui. Aliás, Cuiabá leva vantagem na construção da obra do estádio onde acontecerão os jogos", comentou o ministro.

Ele disse que essa visita oficial é para fazer um levantamento geral das obras, para depois agendar um encontro entre prefeitos e governadores com a presidente para definir maneiras de agilizar as construções em todas as capitais.

Sobre as obras de Cuiabá, Orlando Silva disse que há três intervenções principais: a obra da Infraero que custa R$ 88 milhões no plano de execução com recursos federais, o da Arena com o custo de R$ 360 milhões com recursos da caixa e do governo estadual através da Agecopa e do BRT (Bus Rapid Transit - sistema de ônibus de alta capacidade que provê um serviço rápido, confortável, eficiente e de qualidade) que também tem financiamento da caixa e da Agecopa. "No total devem ser investidos R$ 1,174 bilhão em Cuiabá", disse o ministro.

Quanto à questão de redução de custos, declarado pela presidente, o ministro falou que o que já está destinado para a Copa não será mexido. "Apenas vamos conversar com os governantes para que aja uma agilidade nas obras. Tem cidades que ainda estão em processo de licitação, outras ainda em fase de projeto e nessas vamos ter que ser mais rápidos para que tudo seja executado conforme os recursos liberados para não se gerar mais custos", finalizou o ministro.

Em seguida, ele fará uma visita de cortesia ao governador Silval Barbosa(PMDB) e embarcará para o Nordeste.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime