14.11.2017 | 13h36


ESTAVA FORAGIDO

Homem que assassinou ex-mulher bate moto em caminhão e morre

José Antônio Caetano havia assassinado a ex-mulher ,Rita Jorge da Silva com vários tiros na frente da mãe dela.


DA REDAÇÂO

José Antônio Caetano, de 50 anos, morreu após bater a motocicleta que pilotava, uma Yamaha XTZ, de frente com um caminhão na madrugada desta terça-feira (14), em Araputanga (345 km a Oeste de Cuiabá).

Ele havia assassinado a ex-mulher, Rita Jorge da Silva, 34 anos, a tiros, na frente da mãe da vítima, uma idosa de 73 anos. O crime aconteceu no domingo (12). Conforme testemunhas, o homem não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a Polícia Civil, o acidente que matou José aconteceu às 3h40 da madrugada. Ele estava em uma moto nova, ainda sem placa, quando bateu em alta velocidade de frente com um caminhão que estava parado.

Vanderson Oliveira

José Rita Araputanga

José morreu após bater a moto que pilotava de frente com um caminhão parado.

A batida aconteceu na Rua Marques de Pombal. José teve ferimentos na cabeça, coluna e pernas. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu antes de chegar no hospital.

O assassinato

Conforme a mãe de Rita, o  ex-genro, José Antônio Caetano não aceitava o término do relacionamento. O crime aconteceu às 17h50 de domingo,  no bairro Cidade Alta. O homem chegou em uma motocicleta e chamou a mulher no portão da casa.

Assim que Rita se aproximou, ele começou a atirar. A vítima ainda tentou correr, mas caiu na varanda de casa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a mulher morreu ainda no local do crime.

Leia mais

 Homem mata ex-mulher por não aceitar fim de relacionamento











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER