08.09.2010 | 16h15


Ex-capanga de Arcanjo vai hoje a julgamento por assassinato



DA REDAÇÃO

O ex-pistoleiro de João Arcanjo Ribeiro, Noreci Ferreira Gomes, 51, o "Capitão do Mato", vai hoje (8) ao primeiro de uma série de julgamentos.

Ele é acusado de participação em cinco assassinatos ocorridos na fazenda São João da Cachoeira, em Várzea Grande, que pertencia a ex-bicheiro João Arcanjo, ex-chefe do crime organizado em Mato Grosso. A informação é da TV Centro América (Globo/4).

As mortes aconteceram entre novembro de 2003 e março de 2004. Outro homem acusado de participação no crime, Alderi Souza Ferreira, continua foragido.

Noreci sentará no banco dos réus na tarde desta quarta-feira no julgamento referente à execução do vaqueiro Renato Batista Cury. A vítima foi executada a tiros em 30 de novembro de 2003, dentro da fazenda.

Uma testemunha revelou que o crime aconteceu após uma briga entre o vaqueiro e um segurança. Noreci tera atirado contra Renato ao tirar satisfação sobre o ocorrido. O corpo da vítima foi abandonado às margens da rodovia BR-163 e encontrado três dias depois pela polícia.

O 'Capitão do Mato' alegou em depoimento que matou a vítima acidentalmente. O tiro teria sido disparado quando Noreci estava limpando a arma.

Crimes

O "Capitão do Mato" vai responder por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Ele estava foragido desde 2004, quando teve a prisão decretada pela juíza Maria Aparecida Fago sob acusação de ter participado da chacina das quatro pessoas na Fazenda São João.

O acusado foi capturado em maio do ano passado.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER